Duas pessoas foram presas em flagrante pela Polícia Federal ao tentarem transportar 3 quilos de cocaína na mala, no Aeroporto de Salvador, na noite dessa sexta-feira (7). O destino da droga seria Portugal.

Os presos são um homem e uma mulher, ambos brasileiros, de 40 e 48 anos respectivamente. Os dois irão responder por crime de tráfico de drogas, previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006 (Lei de Drogas), que prevê pena de 5 a 15 anos de reclusão e multa.

Este foi o segundo flagrante de drogas feito pela Polícia Federal, no mesmo dia, no aeroporto. Uma brasiliera de 27 anos transportava cerca de 8 quilos de cocaína escondida em uma mala que havia sido despachada e acabou presa.

A mulher desembarcou na capital baiana em um voo proveniente de Rio Branco, capital do Acre, com escala em São Paulo. Procurada, a Vinci Airports, administradora do aeroporto, afirmou que o caso é uma demanda da Polícia Federal.

A mulher irá responder por crime de tráfico de drogas e pode ter pena de 5 a 15 anos de reclusão e multa. Este é o oitavo flagrante de drogas feito pela Polícia Federal no aeroporto de Salvador em 2020.

Fonte: Correio