A viúva do apresentador Gugu Liberato, Rose Di Matteo, disponibilizou para seu advogado uma caixa de fotos, vídeos, cartas e bilhetes, para provar que mantinha uma união estável com o apresentador, de acordo com a coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo. As imagens serão digitalizadas e apresentadas à Justiça.

Ainda de acordo com a colunista, a defesa de Rose entrará na Justiça, na próxima semana, com a ação de reconhecimento de união estável anunciada em dezembro pela médica. Levará junto com a papelada o baú da mãe dos três filhos de Gugu.

Em entrevista ao Fantástico, da TV Globo, a mãe de Gugu, Maria do Céu, afirmou, porém, que o filho era apenas amigo de Rose Miriam, mãe dos três filhos do apresentador. “Ele nunca teve nada com ela. Ela vivia completamente separada dele”, afirmou Maria do Céu.

Ela disse ainda que o filho tinha boa relação com Rose e nunca deixou que nada faltasse para ela. “Ela tem uma bela de uma casa aqui em Alphaville [São Paulo]. Quando ela vinha pra cá, ela tinha o dinheiro que ela queria para fazer o que ela queria”, disse Maria do Céu. Os advogados de Rose dizem que ela passou o imóvel para o nome dos filhos.

O patrimônio do apresentador, que morreu aos 60 anos após um acidente doméstico em novembro do ano passado, pode chegar a R$ 1 bilhão, incluindo empresas, imóveis e investimentos.

Ele deixou 75% do patrimônio para os três filhos, João, 18, e as gêmeas Sofia e Marina, 16. Os outros 25%, distribuiu entre cinco sobrinhos. A irmã de Gugu, Aparecida Liberato, foi nomeada inventariante e curadora especial das filhas menores de idade de Gugu. Rose não foi citada no testamento.

Fonte: Correio