Servidora pública é primeira vítima do novo coronavírus no Tocantins

A assistente social da Prefeitura de Palmas, Francisca Romana Sousa Chaves, 47, é a primeira vítima da Covid-19 no Tocantins. O Estado era o único do Brasil que ainda não havia registrado mortes pelo novo coronavírus.

A servidora morreu nessa terça-feira (14) num hospital particular da capital. Ela sofria de hipertensão e estava internada desde 18 de março. De acordo com a prefeitura, ela não foi infectada no ambiente de trabalho. A prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) decretou luto oficial de três dias.

O Tocantins contabiliza 27 casos do novo coronavírus, sendo 17 em Palmas, de acordo com boletim da Secretaria de Saúde do Estado dessa terça-feira.

Fonte: Agencia Brasil