Precavido, ET de Varginha usa máscara para vir à Terra protegido do coronavírus

Com medo de uma viagem intergalática ser atrapalhada pelo coronavírus, o ET de Varginha, atento às notícias da Terra, veio de máscara. Ainda não se sabe o efeito que o vírus possui em seres extraterrestres, mas o nosso visitante não quis se arriscar e nem dar mau exemplo aos habitantes locais.

A precaução é tanta que até as diversas estátuas construídas em sua homenagem ganharam o item de segurança. A iniciativa de um médico do município no sul de Minas Gerais, que quer chamar a atenção dos terráqueos para o problema.

Segundo o G1, as pinturas das máscaras brancas começaram nesta quarta-feira (22) nos monumentos. O artista Gleiber Piva, da Secretaria Municipal de Turismo, foi responsável pelo trabalho ao longo da manhã.

Desde segunda-feira (20), o governo municipal autorizou a reabertura do comércio. No entanto, uma das exigências é que clientes, funcionários e usuários do transporte público usem a máscara de forma obrigatória.

Marcada pela história do ET de Varginha, após acontecimentos relatados por moradores em janeiro de 1996, a cidade tem marcas do personagem. Além das estátuas, uma nave espacial chama atenção de visitantes, como registro da história do ET.

Fonte: Correio