Roberto Badaró: “Ainda não há condições de sair do isolamento”

Roberto Badaró (divulgação)

O médico infectologista, pesquisador chefe do Instituto de Tecnologia em Saúde (ITS) do Senai/ Cimatec, Roberto Badaró, acredita que ainda não é o momento de finalizar a quarentena, na Bahia, e retomar as atividades econômicas.
“Nós ainda não temos condições de sair do isolamento. Precisamos obedecer aos seis parâmetros. Nós ainda não podemos relaxar”, nos disse Badaró. De acordo com ele, os seis parâmetros são: “(1) se há uma prova científica de que a proliferação do vírus está controlada; (2) se o sistema de saúde está capacitado para encontrar, isolar e tratar pessoas infectadas; (3) se o risco de surto está controlado; (4) se há medidas preventivas, como isolamento social ou material de higienização; (5) se o controle da importação do vírus está evidentemente controlado e por último, (6) se a sociedade está plenamente educada e engajada para aderir às novas normas definidas”.

“É um processo de aprendizado e ainda estamos no meio dele”, finalizou. Roberto Badaró é PhD em Imunologia e Doenças Infecciosas.

Projeto global discute a indústria da moda
Começou na segunda-feira e vai até domingo, a edição 2020 da Semana Fashion Revolution, que faz parte de um movimento global que discute a indústria da moda. Esse ano, a programação presencial foi cancelada e substituída por mais de 50 ações online pelo Brasil, articuladas por 65 representantes voluntários. Em Salvador, uma das atividades é o desafio “Eu Visto a Bahia”, que pede às pessoas que postem fotos contando quantas peças de roupas possuem de marcas e designers locais marcando a hashtag #euvistoabahia. Além disso, cada um deve desafiar mais três. A ideia é incentivar e dar visibilidade à economia do estado e ao pequeno empreendedor.

Diogo Oliveira (divulgação)

Novos tempos
Um dos designers de interiores mais badalados do Brasil vai participar amanhã, às 18h30, de um bate-papo com Nágila Andrade, dentro da programação de lives da Ebade, no perfil @souebade no Instagram. Trata-se do baiano Diogo Oliveira, que além de comandar um escritório de arquitetura, também integra o time do programa Extreme Makeover Brasil, do canal GNT.
Formado em Economia e ex-jogador de futebol, Diogo entrou no ramo da decoração por acaso e, em seis meses, decidiu seguir o caminho que mudou sua vida. “Queremos mostrar nestes tempos de quarentena, que as pessoas podem seguir novos rumos, basta querer. Nosso objetivo com lives, que acontecem sempre às terças e quintas, é trazer uma troca enriquecedora que toque e incentive tanto os profissionais do ramo como o público em geral”, explica Nágila.

Pedro Tourinho (divulgação)

Solidariedade em pauta
O empresário e publicitário baiano Pedro Tourinho vai promover, hoje, às 19h, um bate-papo com o jornalista Raull Santiago. Na ocasião, eles irão debater sobre estratégias de comunicação que podem ajudar no combate ao coronavírus nas favelas e periferias. Além disso, será uma oportunidade do público contribuir com doações que serão destinadas para o combate da covid-19 no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. Para acompanhar, basta colar no Instagram @pedrotourinho.
 

Parceria
Uma parceria firmada entre o Ministério da Saúde com a Dasa prevê a instalação de um centro de diagnóstico emergencial em São Paulo para realização de até 30 mil testes por dia para o novo coronavírus.
A ideia é que o centro receba amostras coletadas de pacientes da rede pública de diferentes cidades. A parceria prevê a realização de 3 milhões de exames em até seis meses. A Dasa, vale mencionar, é a maior empresa de diagnósticos do Brasil, dona de marcas como Alta, Delboni, Lavoisier e Salomão Zoppi.

Telefunksoul (divulgação)

Lançamento
Os produtores musicais baianos Telefunksoul e Lerry reuniram 45 beatmakers de várias partes do Brasil e de outros países na #40Tunes Maratona Be4ts vol #1, coletânea de beats que será lançada hoje, às 16h40, durante uma live no perfil de Telefunksoul (@telefunksoul) no Instagram. Tento o momento atual como tema, o projeto traz 40 beats de um minuto, cada, que misturam experimentações rítmicas, trechos de músicas e declarações, além de áudios de whatsapps e momentos do noticiário sobre a covid-19. Tem espaço até para poesia, como na faixa #FiqueEmCasa (Pandemia), feat de Telefunksoul com o poeta Marcelo Caettano. Quem quiser, já pode ouvir no soundcloud.com/40tunes.

Lewis Miller espalhou enormes buquês em Nova Iorque (reprodução/Instagram)

Criatividade
Você já ouviu falar de Lewis Miller? O nova-iorquino é um famoso designer especializado em arranjos florais e, frequentemente, sua arte tem invadido as ruas da Big Apple.
Dessa vez, para alegrar e agradecer os profissionais da saúde e aqueles que precisam trabalhar em meio à pandemia do novo coronavírus, ele espalhou (de surpresa) enormes buquês de cerejeiras pela famosa cidade americana. O máximo, hein?
 

Plataforma
O Escritório da Organização das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) acaba de lançar uma plataforma para mapear ações de organizações voltadas à prevenção e combate à pandemia do novo coronavírus. A proposta faz parte da iniciativa “Dia Mundial da Criatividade”, promovida pela ONU para estimular soluções inovadoras. O objetivo da campanha é permitir a interação entre quem está desenvolvendo ações e intuições que tenham a intenção de apoiá-las.

Fonte: Correio