Trump suspende emissão de green card por 60 dias e restringe imigração nos EUA

O presidente Donald Trump anunciou nesta terça-feira (21) a suspensão temporária da emissão do green card, visto que garante a residência de estrangeiros nos EUA, e inaugurou um novo – e sem precedente – capítulo de sua escalada nacionalista e anti-imigração no país.

Em entrevista coletiva na Casa Branca, Trump afirmou que a decisão terá validade por 60 dias, podendo ser estendida, e servirá para proteger o emprego dos cidadãos americanos diante da pandemia do coronavírus, que já atingiu mais de 816 mil pessoas e deixou 43,9 mil mortos nos EUA.

“É errado e injusto que americanos sejam substituídos por estrangeiros [em seus trabalhos]”, afirmou o presidente, acrescentando que a restrição a imigrantes também vai garantir que “recursos médicos” sejam destinados prioritariamente aos cidadãos do país durante a crise.

Regras questionáveis na Justiça

Segundo o jornal The New York Times, porém, haverá exceções às novas regras do governo, que ainda poderão ser questionadas na Justiça, como a permissão de residência a trabalhadores de setores essenciais e a núcleos familiares, como filhos e cônjuges.

Apesar disso, a medida fechará o caminho para a obtenção do status legal permanente no país para a maioria dos outros estrangeiros, incluindo familiares dos já portadores de green card e aqueles que requisitam o documento com base em oferta de emprego.

Aviso no Twitter

Trump havia anunciado na noite de segunda-feira (20) que assinaria uma ordem executiva para suspender temporariamente a imigração nos EUA, mas não tinha dado detalhes logísticos ou legais sobre o decreto.

A postagem nas redes sociais, como é habitual do presidente, pegou de supresa diversos assessores, que correram para finalizar o texto em uma batalha interna sobre qual seria a real extensão das medidas.

“À luz do ataque do Inimigo Invisível [o coronavírus], bem como da necessidade de proteger os empregos de nossos grandes cidadãos americanos, assinarei uma Ordem Executiva para suspender temporariamente a imigração para os EUA”, escreveu Trump no Twitter.

Fonte: Agencia Brasil