Coronavírus: São Paulo supera 1.500 óbitos e 17 mil pessoas infectadas

O Estado de São Paulo registrou nas últimas 24 horas mais 167 óbitos decorrentes da Covid-19. No total, a doença já causou 1.512 óbitos no Estado. O número de cidades paulistas com ao menos uma vítima fatal da doença chegou a 124, dez a mais do que o registrado na quinta-feira (23). Os dados, divulgados nesta sexta-feira (24) são da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo.

De acordo com o governo paulista, dos 1.512 óbitos até agora causados pela doença, 1.010 ocorreram na capital (66%) e 502 em localidades fora da cidade de São Paulo (33%). Em relação aos casos confirmados, o Estado registra, no total, 17.826 casos, distribuídos em 269 municípios. Há 6.400 pacientes – com confirmação ou suspeita de estar com a doença – internados em hospitais de São Paulo: 2.477 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 3.976 em enfermarias.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI no Estado destinados ao tratamento da Covid-19 está em 57,7%, um crescimento de dois pontos percentuais nas últimas 24 horas. Na Grande São Paulo, a taxa é de 76,9%, elevação de cerca de 3% em relação a quinta-feira.

Segundo o governo do Estado, os principais fatores de risco associados à mortalidade por Covid-19 são cardiopatia (59,9% dos óbitos), diabetes mellitus (42,7%), pneumopatia (13,2%), doença renal (12,1%) e doença neurológica (11,3%). 

A Secretaria Estado da Saúde de São Paulo não divulgou o número de pacientes recuperados da Covid-19. 

Fonte: Agencia Brasil