Kim Jong-un teria morrido ou estaria em estado vegetativo, afirma TMZ

O líder supremo norte-coreano Kim Jong-un, de 36 anos, teria morrido após complicações em uma cirurgia. O site americano TMZ relatou que o ditador faleceu – ou estaria em estado vegetativo – neste sábado (25), após passar por um procedimento cardíaco malsucedido. 

De acordo com o site americano, Jong-un teria sido atendido por uma equipe enviada pela China, durante essa semana, para checar seu estado de saúde. Segundo a matéria, uma pessoa, ligada ao governo chinês, teria confirmado que ele está morto.

“Ele precisava de um implante de stent, mas, aparentemente, o procedimento não foi feito rápido o suficiente ou foi completamente mal feito pelo cirurgião”, diz a publicação. O TMZ, porém, não usa nenhuma fonte própria, só replicações de veículos internacionais, da China e do Japão.

Nenhum o governo norte-coreano ou o chinês confirmaram as informações. A última aparição pública de Kim Jong-un foi no dia 12 de abril, quando ele vistoriou aviões militares da Coreia do Norte. 

O ditador não participou do feriado nacional pela comemoração do aniversário de seu avô, Kim Il Sung, na última semana, e começaram as especulações pelo seu estado de saúde. Neste sábado (25), são comemorados os 88 anos de fundação do Exército Revolucionário do Povo Coreano e, novamente, ele não apareceu.

Informações de dentro da Coreia do Norte são difíceis de serem obtidas, especialmente sobre a liderança do país – que possui um dos regimes mais fechados do mundo.

Fonte: Correio