Fórmula 1 prevê início da temporada com o GP da Áustria em julho

A Fórmula 1 prevê o início da temporada de 2020 na Áustria, no circuito Red Bull Ring, em Spielberg, de 3 a 5 de julho, provavelmente “sem torcedores”, anunciou nesta segunda-feira o presidente da categoria, o empresário norte-americano Chase Carey, em um comunicado oficial.

“Planejamos um início das corridas na Europa em julho, agosto e início de setembro, com a primeira na Áustria, no fim de semana de 3 a 5 de julho”, afirmou.

“Em setembro, outubro e novembro deveremos correr na Eurásia, Ásia e América para terminar a temporada no Golfo em dezembro com o Bahrein, antes do tradicional final em Abu Dhabi, depois da disputa de entre 15 e 18 corridas”, completou o comunicado.

Também nesta segunda-feira, os organizadores do GP da França, previsto para 28 de junho no circuito de Paul Ricard, em Le Castellet, anunciaram o cancelamento da prova devido às medidas governamentais de luta contra a epidemia do novo coronavírus.

“Levando em conta a evolução da situação ligada à propagação do vírus covid-19, o Grande Prêmio da França leva em consideração as decisões anunciadas pelo Estado, que tornam impossível a manutenção de nosso evento”, revelou Eric Boullier, diretor geral do GP, em um comunicado oficial. “Os olhares do Grande Prêmio da França – Le Castellet se voltam para o ano de 2021”, completou.

Além disso, o GP da Grã-Bretanha, programado para 19 de julho no circuito de Silverstone, será disputado com portões fechados. “Com extrema decepção, tenho que afirmar que não podemos organizar o Grande Prêmio da Grã-Bretanha com torcedores este ano em Silverstone”, disse diretor do circuito, Stuart Pringle.

Fonte: Correio