Piritiba: Paciente testa positivo para covid-19

O município de Piritiba, localizado a cerca de 320 quilômetros de Salvador, registrou nesta segunda-feira (27) o primeiro caso de covid-19. Trata-se de um paciente de 34 anos de idade, que chegou de São Paulo por meio de transporte clandestino na quinta-feira (23). O paciente, que não teve a identidade revelada, fez a viagem de São Paulo até a Bahia na companhia da esposa gestante. Nenhum dos dois fizeram uso de máscaras no trajeto.

Antes de chegar a Piritiba, o homem passou por Miguel Calmon e transitou com um amigo de infância pelo centro da cidade. Na sexta-feira (24), um dia depois da chegada do casal ao município, a equipe da Vigilância de Piritiba realizou a visita para investigação e passou todas as orientações de etiqueta respiratória e de isolamento domiciliar, já que eles procediam de zona endêmica.

Devido a alguns desconfortos, o homem foi encaminhado para avaliação clínica sendo medicado e liberado. Apesar de ter testado positivo, o paciente, que é portador de cardiopatia, parecia ter sintomas relacionados à doença de base e não à covid-19. Mesmo assintomático, ele precisou permanecer em isolamento domiciliar, sendo monitorado diariamente. De acordo com o relato, além da esposa e do amigo ele só teve contato com outras três pessoas na Ponte do Massambão.

Nesta segunda-feira (27), período hábil para detecção dos anticorpos (8º dia após o início dos sintomas segundo o paciente), foi realizado teste rápido com resultado positivo para Covid-19. Além do teste rápido, também foi colhido material a ser enviado ao Lacen (Laboratório Central do Estado da Bahia), para contraprova, através do exame considerado padrão ouro.

O paciente encontra-se em isolamento respiratório, na sala vermelha do Hospital Municipal Dr. Carlos Ayres de Almeida, na cidade de Piritiba, aguardando transferência através da central de regulação para unidade secundária e/ou terciária.

Em parceria com a prefeitura de Miguel Calmon, a Secretaria Municipal de Saúde de Piritiba fez uma busca ativa a essas pessoas desde a última sexta-feira (24), de modo a orientá-las a ficarem em isolamento. Elas estão sendo monitoradas e vão ser testadas assim que possível.

Fonte: Correio