Bolsonaro diz que vai recorrer da decisão do STF que barrou Ramagem na PF

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que pretende recorrer da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que barrou a nomeação de Alexandre Ramagem como diretor-geral da Polícia Federal.

“Eu quero o Ramagem lá. É uma ingerência, né? Vamos fazer tudo para o Ramagem. Se não for, vai chegar a hora dele, e vamos colocar outra pessoa. Mas é dever do órgão (AGU) recorrer. Quem manda sou eu, e quero ele lá”, disse Bolsonaro em conversa com jornalistas e apoiadores na porta do Palácio da Alvorada, pouco após a posse do novo ministro da Justiça André Mendonça.

A declaração do presidente contraria a posição do novo Advogado-Geral da União, José Levi Mello, que também tomou posse nesta quarta-feira que disse mais cedo aos jornalistas que a AGU não iria questionar a decisão monocrática tomada pelo ministro do STF Alexandre Moraes de impedir a posse de Alexandre Ramagem na chefia da PF. 

 

Fonte: Agencia Brasil