Mari Baianinha diz que se decepcionou com Guilherme e Rafa: 'Me chocou muito'

A baiana Mari Gonzalez, 26 anos,  a Mari Baianinha, foi a protagonista de um dos maiores debates dentro e fora do reality show Big Brother Brasil (BBB20). A influenciadora digital deixou sua marca na edição histórica do Big Brother Brasil. A 16ª eliminada deu um show de empatia aos colegas de confinamento e, é claro, de diversão ao público. Afinal… É “para sala” ou “parcela”?

Em um bate-papo exclusivo com a repórter Ana Clara, da Rede BBB, programa online ligado ao BBB 20, Mari falou sobre os efeitos do reality show, os desentendimentos com alguns participantes e os planos para o futuro. No Podcast BBB (ouça completo abaixo), a baiana afirmou que está começando a se organizar agora, e explica como foram os dias logo após sua eliminação.

“Uma loucura! Gente do céu… Eu não sabia que era assim não. Eu não consegui nem dormir. Fiquei dois dias sem dormir, só recebendo informação e indo para os compromissos. Estou começando a me organizar agora, para dar conta de tudo”.

Dentro da casa mais vigiada do Brasil, Mari foi a personagem principal do conflito que guiou os brothers e as sisters pelo jogo. A influenciadora digital contou que, ao sair do programa e assistir aos vídeos, se decepcionou com alguns dos confinados.

“Eu fiquei meio chocada com algumas coisas. Aquele vídeo do Guilherme (…) mexeu muito comigo. Eu fiquei muito triste, por ser uma pessoa que eu não esperava”.

Durante o reality show, Mari se desentendeu e, no final, se entendeu com Rafa. Ao deixar o confinamento, a baiana confessa que se chocou ao ver a forma com que a mineira falava sobre ela para outros participantes.

“A Rafa também, as pessoas não param de falar e me mostrar vários vídeos dela. Foi uma coisa que me chocou muito. Porque, apesar dela falar na última conversa que me julgou, eu não achei que era nesse nível. É um pouco chocante. Julgou fisionomia, jeito de falar, jeito de andar… Eu estou meio assustada ainda. Estou em choque com isso. Eu fiquei triste. Não vou negar não”.

Com mais de 9,3 milhões de seguidores na internet, Mari se surpreendeu ao ver o número de seguidores em sua rede social mais que dobrar. Em relação ao futuro, a baiana diz que já está pensando em projetos para executar e em conteúdos para produzir.

“Eu estou abismada, chocada, apavorada, enlouquecida, feliz com o tanto de gente que está na minha rede social. E está crescendo. É muito carinho. Eu não tenho o que falar. As pessoas estão muito queridas comigo, só elogiando, só abraçando…”.

“Eu quero manter a minha carreira como digital influencer, aproveitar essa comunicação que eu tenho com as pessoas, trabalhar muito, aproveitar essa fase… Já estou pensando em projetos, vídeos para fazer, para poder fazer um conteúdo bacana. Eu quero fazer várias coisas”.

No confinamento, após a chegada de Ivy e Daniel da Casa de Vidro, Mari chegou a pedir o namorado, Jonas, em casamento. Logo depois, foi a vez do ex-BBB, que pediu a mão da amada para a sogra e o sogro. A influenciadora digital falou mais sobre o pedido.

“Eu não fui pedida em casamento, gente. Teve uma live com os meus pais, e eles falaram que apoiam a gente. Ele teve o consentimento para pedir a mão em casamento. Mas ele ainda não pediu. Ele falou que quer fazer uma coisa especial. Vamos ver!”.

E como seria o casamento dos sonhos de Mari? Em uma praia, com “aquela energia da natureza” e uma festa para os verdadeiros “inimigos do fim”. Na lista de convidados, a baiana avisa que não podem faltar os nomes de Ivy, Flayslane, Bianca e Marcela.

“Eu quero compartilhar esse momento com os meus amigos, com a minha família, com as pessoas que eu amo… Eu quero que seja totalmente a nossa cara. Uma coisa mais ao ar livre, seja em um campo, com árvores, com flores, ou em uma praia, que seria o ideal para mim. Uma praia, pôr-do-sol, aquela energia da natureza… De dia, né? E a festa não vai acabar nunca!”.

Fonte: Correio