Gabriela Pugliesi pode perder até R$ 3 milhões por festa durante quarentena

Gabriela Pugliesi pode ter um prejuízo enorme após comandar uma festinha durante o isolamento social. Ao contrariar as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), por causa da pandemia do novo coronavírus, e reunir amigos em uma comemoração que durou até o dia seguinte, a baiana deve deixar de lucrar uma quantia milionária.

Segundo divulgou a revista Forbes, um estudo feito pela agência BRUNCH – que gerencia a carreira de influenciadores digitais como MariMoon, Nath Finanças, Blogueira de Baixa Renda e Dora Figueiredo – calculou que as perdas de Pugliesi podem chegar a R$ 3 milhões com as quebras de contrato. E, inclusive, lhe gerar multas.

Gabriela perdeu mais de oito contratos publicitários, com marcas como Hope, Baw, LBA, Body For Sure, Desinchá, Evolution Coffee, Rappi, Mais Pura e Liv Up. Além disso, empresas que já tinham contratado a baiana anteriormente, como Kopenhagen, Ambev e Fazenda Futuro, já disseram que não devem renovar parceria, já que discordam das atitudes dela.

A festa teria sido uma recepção de boas-vindas para Mari Gonzalez, que tinha sido eliminada do Big Brother Brasil 20. Após repercussão negativa, Pugliesi perdeu cerca de 150 mil seguidores em seu perfil no Instagram e, então, desativou sua conta no Instagram. Ela, aliás, já teve covid-19, mas se curou. A influencer se infectou durante o casamento da irmã Marcella em Itacaré, festa onde dezenas de convidados, como Preta Gil, pegaram a doença.

Fonte: Correio