Prefeitura de Senhor do Bonfim determina uso obrigatório de máscaras na cidade

A prefeitura de Senhor do Bonfim, no Centro-Norte da Bahia, tornou obrigatório o uso de máscaras pela população da cidade como medida de prevenção à covid-19. Em decreto publicado na quarta-feira (29), a gestão municipal informou que o item de proteção pode ser confeccionado em casa seguindo as normas do Ministério da Saúde. A medida é válida especialmente para pessoas que circulam por bancos, lotéricas e lojas.

Os condutores e os passageiros de veículos, inclusive táxi e carros de aplicativos, também devem utilizar as máscaras durante o deslocamento. A medida não é aplicável quando apenas o condutor estiver no automóvel. O Departamento Municipal de Trânsito (DMTRANS) deverá realizar ações educativas no trânsito do município para ampliar a conscientização da população sobre a importância do uso de máscara.

Desde esta quarta-feira, apenas pessoas com máscaras podem acessar o transporte público de Senhor do Bonfim. Até 3 de maio, a gestão municipal realizará ações educativas com o objetivo conscientizar a população sobre a importância do uso de máscara. Já a partir de 4 de maio, segunda-feira, o usuário que for flagrado utilizando o transporte público sem o uso da máscara será obrigado a deixar o veículo, inclusive coercitivamente, se for o caso.

Nos estabelecimentos que ainda funcionam na cidade, o uso de máscaras é obrigatório, assim como nas repartições públicas. Os estabelecimentos são responsáveis por fornecer o item para os funcionários, sob pena de cassação do alvará de funcionamento, com exceção das repartições públicas.

Todos os vendedores ambulantes da cidade também devem usar, de forma obrigatória, a máscara de proteção durante o desempenho de suas atividades. Quem infringir a regra pode ter a mercadoria apreendida.

Casos na cidade

Até o momento, Senhor do Bonfim não possui casos confirmados de covid-19. De acordo com o boletim municipal desta sexta-feira, 42 casos estão sendo monitorados em isolamento domiciliar por apresentarem sintomas gripais.

Fonte: Correio