Coronavírus: Rio reúne cientistas para buscar soluções durante a pandemia

Uma comissão de especialistas em diversas áreas da ciência foi criada para prestar consultoria a ações do governo do Rio de Janeiro no contexto da pandemia de coronavírus. Em decreto publicado nesta quarta-feira (6) no Diário Oficial do Estado, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI) e a Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (Faperj) instituíram o grupo, chamado Comissão RJ Ciência no Combate à Covid-19.

Os pesquisadores – das áreas de medicina, epidemiologia, virologia, biotecnologia, inteligência artificial e economia – devem ajudar na busca de soluções para questões de curto e longo prazo.

A comissão será presidida pelo presidente da Faperj, Jerson Lima, que é professor titular do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo De Meis, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e contará com representantes da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Entre os pesquisadores convidados está o virologista Amilcar Tanuri (UFRJ), o ex-presidente do Banco Central e economista Armínio Fraga Neto, a médica e bióloga molecular Patrícia Bozza (Fundação Oswaldo Cruz) e a pneumologista Margareth Dalcomo, também da Fiocruz.

Os pesquisadores vão se debruçar sobre questões como a adesão ao isolamento social, a subnotificação da Covid-19 e a avaliação das possibilidades de retorno à normalidade no futuro.

Uma das primeiras ações será a elaboração de um formulário eletrônico para avaliar a subnotificação de casos no Estado, informação importante para o planejamento das medidas de prevenção e dos recursos do sistema de saúde.  

 

 

Fonte: Agencia Brasil