Bahia ultrapassa os 200 mortos por covid-19

A Bahia ultrapassou os 200 mortos pela covid-19, infecção causada pelo novo coronavírus descoberto em dezembro do ano passado na China. Segundo boletim divulgado na noite deste domingo pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), 202 pessoas morreram pela doença. Outros 5.558 casos foram confirmados, o que representa 27,66% do total de casos notificados no estado. Até o começo da tarde, 198 pessoas haviam morrido por covid-19 na Bahia. Os números foram atualizados pela Sesab pouco depois das 20 horas.

O novo boletim divulgado neste domingo também revela que 1.391 pacientes se recuperaram  da infecção e 3.965 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da covid-19, o que são chamados de casos ativos.

Os casos confirmados ocorreram em 171 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (66,05%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Ipiaú (2.441,52), Uruçuca (2.095,62), Ilhéus (1.792,68), Itabuna (1.538,30) e Salvador (1.277,70).

O boletim epidemiológico registra ao todo 10.864 casos descartados e 20.097 notificações em toda a Bahia até a noite deste domingo. 

As notificações oficiais foram compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Taxa de ocupação e exames

Dos 888 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para covid-19 na Bahia, 444 estão ocupados, o que representa uma taxa de ocupação de 50%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 422 exclusivos para o coronavírus, 229 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 54,3%. 
O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 26.059 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, de 1° de março a 10 de maio de 2020. Atualmente, 3.407 amostras estão em análise laboratorial e os exames são liberados em até 48 horas.

As mortes

As 202 mortes por covid-19 foram registradas em 37 municípios baianos. Estes números contabilizam todos os registros de janeiro até às 17 horas deste domingo (10).

Confira as mortes ocorridas entre o sábado, 09, e este domingo, 10:

•    191º óbito: homem, 58 anos, residente em Salvador, com histórico de hipertensão arterial. Veio a óbito no dia 30/04.

•    192º óbito: homem, 42 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Veio a óbito no dia 02/05, em unidade da rede municipal.

•    193º óbito: homem, 77 anos, residente em Salvador, com histórico de diabetes e hipertensão arterial. Veio a óbito no dia 23/04, em hospital público da capital.

•    194º óbito: homem, 62 anos, residente em Salvador, com histórico de doença cardiovascular crônica e imunossupressão. Veio a óbito ontem (8), em hospital público de Salvador.

•    195º óbito: homem, 57 anos, residente em Salvador, com histórico de diabetes. Veio a óbito ontem (8), em hospital público da capital.

•    196º óbito: homem, 59 anos, residente em Salvador, com histórico de doenças renais crônicas em estágio avançado. Veio a óbito hoje (9), em hospital público de Salvador.

•    197° óbito: mulher de 80 anos, residente em Paramirim, com histórico de doença pulmonar. Estava internada em hospital público de Vitória da Conquista, vindo a falecer no sábado, 9.

•    198° óbito: homem de 67 anos, residente em Salvador, sem histórico de comorbidades. O paciente estava internado em um hospital público na capital, vindo a falecer em 7 de maio.

•  199° óbito: homem de 36 anos, residente em Porto Seguro, sem histórico de comorbidades. O paciente estava internado em um hospital público da cidade, vindo a falecer no sábado, 9.

•  200° óbito: mulher de 50 anos, residente em São Sebastião do Passé, sem comorbidades. A paciente estava internada em um hospital público da cidade, vindo a falecer em 7 de maio.

•  201° óbito: homem de 47 anos, de Itabuna, com histórico de diabetes, hipertensão e doença cardiovascular. Estava internado em um hospital público da cidade, morreu em 5 de maio.

•  202° óbito: homem de 50 anos, de Uruçuca, sem histórico de comorbidades. Foi atendido em Unidade de Pronto Atendimento para covid-19 em Ilhéus em 7 de maio e morreu no local.

Faixa etária

Entre os confirmados com a covid-19 na Bahia, 57,06% são do sexo feminino. A faixa etária mais acometida é a de 30 a 39 anos, representando 25,39% do total. O coeficiente de incidência por 1.000.000 de habitantes é maior na faixa etária de 80 anos ou mais (704,41/1.000.000 habitantes), indicando que o risco de adoecer é maior neste grupo, seguida da faixa de 30 a 39 anos (615,05/1.000.000 habitantes).

Fonte: Correio