Covid-19: Universidade aberta mantém cursos em cem instituições durante pandemia

A maioria das atividades de ensino promovidas pela Universidade Aberta do Brasil (UAB) estão ocorrendo regularmente em meio à pandemia do novo coronavírus. A UAB é um programa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), fundação vinculada ao Ministério da Educação, que articula com Estados e municípios a oferta de cursos remotos de graduação e de pós-graduação.

De acordo com Carlos Lenuzza, diretor de Educação Básica da Capes, 100 de 110 instituições que ofertam curso da UAB “estão com as atividades absolutamente regulares e 10 estão no período de planejamento e reconstituição de atividades”.

No total, 118 instituições ofertam cursos da UAB em todo o país. Uma página na internet localiza polos em funcionamento e instituições inscritas em todo o país. Sete de cada dez polos de ensino funcionam em cidades interioranas com menos de 100 mil habitantes.

Em funcionamento desde 2006, a UAB tem mais de 116 mil alunos matriculados, em 143 cursos de licenciatura, bacharelado, especialização e de tecnólogo.

A maior oferta de vagas (85%) no edital vigente é voltada, exclusivamente, para formação inicial e continuada de professores da rede pública.

Fonte: Agencia Brasil