Youtube terá de tirar do ar vídeo em que pastor Valdemiro oferece cura da Covid

O Ministério Público Federal (MPF) deu cinco dias para o Youtube retirar do ar os vídeos nos quais o pastor Valdemiro Santiago de Oliveira, da Igreja Mundial do Poder de Deus, anuncia sementes de feijão com ‘poderes de curar a Covid-19’.

Nos registros, o líder religioso incita seus fiéis a plantarem as sementes, vendidas pela agremiação por R$ 100, R$ 500 e R$ 1 mil.

Um ofício foi enviado por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC) em São Paulo, ao presidente do Google no Brasil, responsável pela plataforma de vídeos.

No documento, o MPF solicitou ainda que a empresa preserve em seus arquivos a íntegra dos vídeos e o número de visualizações de cada um deles. Além disso, pediu que a identidade dos usuários responsáveis pela inclusão dos conteúdos na plataforma seja informada aos procuradores pela empresa.

Na última sexta-feira, 8, a Procuradoria Federal encaminhou notícia-crime ao Ministério Público de São Paulo pedindo investigação por suposto crime de estelionato cometido pelo pastor. De acordo com o MPF, “o uso de influência religiosa e da mística da religião para obter vantagem pessoal” fica claro nas gravações.

COM A PALAVRA, A GOOGLE BRASIL

A reportagem fez contato com a assessoria da Google Brasil. O espaço está aberto para manifestação.

COM A PALAVRA, A IGREJA MUNDIAL DO PODER DE DEUS

Em atenção à sociedade, em virtude de notícias veiculadas nesta quinta-feira (07) de
maio de 2020, sobre a “venda” de semente com promessa de cura, a Igreja Mundial
do Poder de Deus, vem esclarecer que:

1) Diferentemente do divulgado pela impressa, a campanha do mês de maio “sê tu
uma benção” representado pela semente do feijão, não se refere a venda de uma
“promessa de cura”, mas sim o início de um propósito com Deus, representado por
um símbolo bíblico (a semente) que tem como princípio o início de uma colheita
conforme a vontade de Deus (Lucas 8:11-15 e 2 Corintios 9);

2) Em relação a promessa de cura vinculada diretamente a semente, tem-se que foi
amplamente esclarecido em todos os vídeos que toda cura vem de Deus e que a
semente é uma figura de linguagem, amplamente mencionada nos textos bíblicos, para
materializar o propósito com Deus (Genesis 26);

3) O valor da suposta venda divulgado, resta rechaçada veemente, haja vista ser a
oferta espontânea, a qual é dada de acordo com a condição e manifestação de vontade
de cada fiel, não tendo nenhuma correlação com o comércio de qualquer produto
e/ou serviço.

4) Esclarecemos, ainda, que nossa instituição, ao longo de todos esses anos tem o
único e exclusivo propósito de propagação da fé Cristã, onde todas as nossas atitudes
se baseiam nos princípios bíblicos, na ética e na legalidade.

Fonte: Agencia Brasil