No 2º dia de barreiras em três bairros, testes rápidos identificam mais sete com covid-19

Nos três bairros onde as medidas mais drásticas de contenção do vírus começaram a valer na última segunda (11), foram encontradas sete pessoas com diagnóstico positivo para o coronavírus nas blitze de testes rápidos realizada pela Prefeitura nesta terça-feira (12). Ao todo, foram realizados 246 exames nos locais. Em Plataforma, foram identificados 4 infectados dentre os 75 testados. Na Boca do Rio, apenas uma pessoa testou positivo dentre as 75 examinadas. Já na Avenida Joana Angélica, a prefeitura realizou 96 testes, dos quais 2 deram positivo.

No primeiro dia das restrições, 23,81% dos testados em blitze na Plataforma – aproximadamente um em cada quatro – estavam doentes.

“No bairro de Plataforma, detectamos 10 pessoas com covid-19 das 42 testadas nas blitze de testagem rápida. Ou seja: quase 24% apresentaram resultado positivo”, disse o prefeito ACM Neto, no Twitter.

De acordo com a prefeitura, foram feitos 247 testes rápidos nestes bairros nesta segunda-feira; destes, 17 (6,88%) deram positivo. Enquanto no final de linha do bairro de Plataforma foram feitos 42 testes e 10 pessoas (23,81%) testaram positivo para a covid-19; na Boca do Rio foram realizados 81 testes rápidos e destes apenas 3 (3,70%) pessoas testaram positivo para a doença. Já na Avenida Joana Angélica, no Centro, foram feitos 124 testes e 4 pessoas estavam infectadas (3,23%).

“Isso só reforça que tomamos decisões acertadas para conter o avanço do vírus, bloqueando vias, restringindo a circulação de pessoas e suspendendo as atividades comerciais temporariamente. Lembrando que a ação também foi iniciada na Boca do Rio e Joana Angélica”, completou Neto.

Fonte: Correio