Pioneiro na divulgação da capoeira, Mestre Joel de Menezes está em estado grave

Foto: Acervo da família

Um dos responsáveis por levar a capoeira para São Paulo, o mestre Joel de Menezes, 76 anos, testou positivo para o novo coronavírus e está internado em estado grave no Hospital Ernesto Simões, em Salvador. Ele possui diabetes, pressão alta, tem um inchaço no coração devido a um infarto e teve que ser entubado.

Na segunda-feira (12), o mestre deu entrada em um hospital do Itaigara com sintomas de uma gripe muito forte, de acordo com o que foi relatado por Rosenita Lima, que é esposa de Joel, ao também mestre de capoeira Dadá Jaques.

Por não ter sido vacinado com a gripe, os profissionais de saúde suspeitaram que poderia se tratar desta doença, mas a confirmação do diagnóstico de covid-19 veio no fim da tarde desta terça.

“Ele foi internado, mas não foi entubado. Como ele tem outros problemas de saúde, ficaram com medo de entubar ele. Com o resultado do exame, ele foi transferido para o Ernesto Simões”, disse Mestre Dadá, da Escola de Capoeira Dendê de Aro Amarelo, do Terreiro Casa Branca.

Os sintomas da doença iniciaram há cerca de 5 dias, quando o mestre começou a sentir falta de ar e dores no corpo.

O pai e a mãe da esposa de Joel já tinham sido infectados pelo coronavírus e se trataram na casa da família no bairro de Boa Vista de São Caetano.

“A esposa dele também estava tossindo e chorando demais. Indiquei que ela fizesse o exame, mas ela ainda não fez. Todos vivem no mesmo ambiente. Apesar dos pais terem se isolado em um quarto, a chance dela também ter a doença é muito grande”, comentou Dadá.

Ainda de acordo com as informações da esposa do Mestre Joel, ele não tem plano de saúde, nem renda fixa. Com isso, seria impossível arcar até com um eventual enterro.

“A esposa está desempregada. No geral, os mestres de capoeira não se preparam para a aposentadoria. Eles prestam um serviço para a Bahia e o Brasil, mas acabam ficando desamparados ao ficarem idosos”, pontuou o colega.

Não se sabe como o Mestre Joel pegou a doença. A família, entretanto, suspeita da possibilidade de ele ter sido infectado na Espanha. No entanto, ele retornou do país europeu já há quatro meses.

Pioneirismo
Nascido em Santo Amaro e criado em Feira de Santana, Mestre Joel residiu em Salvador, mas sempre fazia viagens para São Paulo, onde formou grupos de capoeira.

Segundo Mestre Dadá, Joel aprendeu a arte com o Mestre Arara, que era aluno do Mestre Bimba, e sempre tentou preservar as raízes e tradições da capoeira.

Em 1972, Joel foi reconhecido como mestre de capoeira por Mestre Bimba. O baiano é presidente do grupo Organização Onças de São Paulo e da Associação de Capoeira Ilha de Itapuã.

Além de expandir o alcance da capoeira, Mestre Joel foi um dos primeiros a gravar discos com músicas de capoeira (ver mais abaixo). “Ele gravou discos nos chamados bolachões. Ele foi um dos pioneiros nessa gravação, com músicas que sempre falam da Bahia”, explicou Dadá.

Em 1979, o mestre lançou Capoeira, que foi seguido de Capoeira Raiz, de 1993. Por fim, foi lançado o disco Capoeira Volume 1, datado de 1994.

Fonte: Correio