NASA abre inscrições para hackathon virtual com foco na Covid-19

A busca de soluções com foco na covid-19 é o desafio para o hackathon virtual promovido pela A Agência Espacial Americana (NASA), que deve ocorrer nos próximos dias 30 e 31 de maio. O Space Apps Covid-19 Challenge já está com inscrições abertas que podem ser feitas por meio do site www.covid19.spaceappschallenge.org.

Durante o evento que conta ainda com a parceria, a Agência Espacial Europeia (ESA) e a Agência Espacial Japonesa (JAXA), participantes do mundo todo se juntarão em times de cinco pessoas e, durante 48 horas, terão à disposição dados de observação da Terra para se basearem em propor soluções. As categorias dos desafios são: aprender sobre o vírus e sua propagação usando dados espaciais, resposta local e soluções, impactos da Covid-19 no sistema da Terra como planeta, oportunidade econômicas e impacto e recuperação durante e pós Covid-19.

“Há uma tremenda necessidade de nossa criatividade coletiva no momento. Não consigo imaginar um foco mais digno do que a Covid-19 para direcionar a energia e o entusiasmo de todo o mundo com o Space Apps Challenge, que sempre gera soluções surpreendentes”, diz Thomas Zurbuchen, administrador associado da Diretoria de Missões Científicas da NASA.

Com duas edições realizadas em Salvador, os baianos já se destacaram no Desafio da Nasa. Em 2019, cinco estudantes membros da Cafeína foram os grandes vencedores da etapa mundial do Nasa Space Apps Challenge com a elaboração de um projeto atrai e capta resíduos plásticos nos oceanos. “É um evento mundial como já acontece todo ano, geralmente em outubro, mas esta é especial focada no Covid-19, e será toda no virtual”, explica Leka Hattori, representante local da NASA para capital baiana. 

As equipes serão formadas na sequência do processo. O candidato que tiver dúvida e quiser obter mais informações sobre o evento, pode entrar em contato ou acompanhar o perfil do Instagram @nasa_spaceappssalvador. O canal é atualizado e monitorado por Leka Hattori e sua equipe, que estarão orientando os interessados em participar da competição.

“Eu e minha equipe estamos confiantes que a Bahia vai dar sua contribuição e criar soluções simples e geniais aos desafios do Covid-19, como foi o caso da equipe Cafeína, que ganhou o mundial em outubro de 2019, que também está confirmado para acontecer este ano. A Cafeína fará uma live para dar dicas”, completa. 

Fonte: Correio