Produções da Globo terão mais cenas em estúdio após novo coronavírus

Você, com certeza, já ouviu Renata Vasconcellos ou William Bonner dizer que eles usam máscaras na bancada do Jornal Nacional porque estão em um “ambiente controlado”, no caso, o estúdio do telejornal, distantes um do outro e dos demais. E é por aí que vai caminhar a dramaturgia da Globo quando as gravações forem retomadas.

Em busca de maior segurança para seus talentos – diretores, técnicos, entre outros, as novelas e séries terão mais cenas gravadas em estúdio. Em um primeiro momento, entende-se que essa será a melhor solução, mas não a única.

Haverá, também, uma drástica redução de atores e figurantes em externas e cidade cenográfica. O trabalho em estúdio será praticamente uma prioridade, e os autores já estão adaptando a estrutura de seus trabalhos para este novo momento.

O planejamento também se torna ainda mais indispensável para os próximos tempos, porque as novelas, dentro da proposta em discussão, passarão a ter uma grande frente de capítulos gravados, em um modelo semelhante ao adotado pelo SBT. Assim, diante de um enorme problema, como o da Covid-19, e poder se organizar convenientemente para enfrentá-lo.

Grupo de risco
No SBT, a informação é a seguinte: A Praça é Nossa será um dos últimos programas a retomar gravações. Diante da necessidade de tomar todos os cuidados, também é necessário considerar a idade de Carlos Alberto de Nóbrega, 84 anos.
Raul Gil, 82 anos, e Silvio Santos, 89 são outros apresentadores se enquadram na mesma situação. Portanto, a ordem é respeitar o combinado e seguir com as reprises.

Futebol
A reprise dos clubes brasileiros no futebol da Globo, aos domingos, deve seguir até 7 de junho. Uma semana antes da última reexibição, há o desejo de traçar uma nova linha de ação. A ideia é continuar com o futebol, mas convém aguardar. Há dezenas de filmes no arquivo, em um possível plano B.

Tudo na mesma
Como aconteceu essa volta da Fátima e de Ana Maria Braga ao ar, o pessoal do Se Joga, naturalmente, procurou informações sobre a situação do programa. As equipes foram orientadas pela Globo a ficar em casa. Em função da pandemia, não existe uma previsão de volta e muitos da equipe já não escondem a preocupação. Antes da paralisação, já havia um plano de relançamento, com vários quadros novos.

Telespectadora
A autora Rosane Svartman, de férias após Bom Sucesso, virou telespectadora de sua novela, Totalmente Demais, em reprise. “Eu acompanho e comento no Twitter. O engraçado é que nem eu lembro de tudo e volta e meio me surpreendo”, comenta Rosane à coluna.

“A novela agora é uma obra fechada, então dá um pouco de nervoso não poder mudar nada”. “Se eu pudesse mudar alguma coisa não mexeria em nada estrutural, mas atualizaria alguns personagens com discursos e atitudes mais atuais no que diz respeito às lutas identitárias”, avalia Rosane. 

Fonte: Correio