Após a saída do ministro Nelson Teich, o ministério da Saúde afirmou nesta segunda-feira (18) que ainda não tem uma data definida para apresentar as novas recomendações da pasta sobre a flexibilização do isolamento social em Estados e municípios.

Durante a coletiva de imprensa desta tarde, o secretário-executivo adjunto do ministério, Élcio Franco, garantiu que o plano não foi abandonado pelo governo, mas que ainda pende de consenso junto ao Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e ao Conselho Nacional de Assistência Social (Conas).

“Lembro que essa orientação para avaliação de risco (de reabertura das atividades econômicas), que vai ser uma ferramenta já vinha sendo elaborado há semanas, não se trata de um plano para isolamento social. É sim uma orientação para Estados e municipios. Estamos em tratativas com os conselhos para concluir e divulgar essas orientações o mais breve possível”, informou Franco. 

Fonte: Agencia Brasil