A Bahia já soma 413 mortos pela covid-19 e 13 mil infectados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-20. Outros 151 casos confirmados da doença aguardam validação dos municípios. As informações são do novo boletim divulgado na noite deste sábado, 23,  pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Segundo o boletim, 3.934 pessoas se recuperaram da doença e 8.653 permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da covid-19. Na Bahia, 1.987 profissionais da saúde foram confirmados com a infecção.

Os casos confirmados ocorreram em 240 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (64,21%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (4.239,97), Ipiaú (3.902,08), Itabuna (3.676,90), Ilhéus (3.123,33) e Salvador (2.794,23).

O boletim epidemiológico registra também 33.454 casos descartados e 83.880 notificações em toda a Bahia. Os dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde, até às 17h deste sábado.

Quanto ao sexo dos casos confirmados, 43,48% foram do sexo feminino, 35,76% do sexo masculino e 21,06% sem informação. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 22,82% do total. O coeficiente de incidência por 1.000.000 de habitantes foi maior na faixa etária de 80 ou mais (1.388,93/1.000.000 habitantes), indicando que o risco de adoecer foi maior nesta faixa etária, seguida da faixa de 30 a 39 anos (1.292,87/1.000.000 habitantes).

Leitos e exames

Na Bahia, dos 1.459 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para tratar a covid-19, 819 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 53%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 593 exclusivos para o coronavírus, 433 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 73%. 

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 41.667 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 23 de maio de 2020. Atualmente, 4.645 amostras estão em análise laboratorial e os exames são liberados em até 48 horas.

Mortes

As 413 mortes pelo novo coronavírus ocorreram de janeiro até às 17 horas deste sábado. As 13 últimas mortes registradas pela Sesab foram:

400º óbito – mulher de 69 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus, deu entrada no dia 15/05 e morreu em 21/05, em hospital da rede pública em Salvador;

401º óbito – mulher de 80 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus e hipertensão arterial, internada dia 11/05, morreu em 21/05, em hospital público em Salvador;

402º óbito – homem de 46 anos, residente em Jequié, portador de diabetes mellitus, hipertensão arterial e obesidade, internado dia 16/05, morreu em 22/05, em hospital da rede pública em Jequié;

403º óbito, mulher de 53 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus, doença cardiovascular e obesidade, internada dia 15/04, morreu em 15/05, em hospital público em Salvador;

404º óbito – mulher de 45 anos, residente em Lauro de Freitas, portadora de neoplasia e obesidade, admitida dia 20/05, morreu no mesmo dia, em unidade pública em Lauro de Freitas;

405º óbito – mulher de 42 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e obesidade, internada dia 30/04, morreu em 19/05, em hospital da rede pública em Salvador;

406º óbito – mulher de 74 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 05/05 e morreu em 20/05, em hospital da rede pública em Salvador;

407º óbito – homem de 52 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença renal crônica, foi internado dia 06/05 e morreu em 20/05, em hospital da rede pública em Salvador;

408º óbito – mulher de 49 anos, residente em Salvador, comorbidades hipertensão arterial e obesidade, deu entrada dia 11/05 e morreu em 13/05 em unidade da rede pública, em Salvador;

409º óbito – homem de 89 anos, residente em Ilhéus, comorbidade doença neurológica crônica, deu entrada dia 28/04 e morreu em 17/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

410º óbito – homem de 48 anos, residente em Juazeiro, sem comorbidades, deu entrada dia 20/04 e morreu em 17/05, em unidade da rede da rede pública, em Petrolina;

411º óbito – mulher de 49 anos, residente em Ilhéus, sem comorbidades, deu entrada dia 09/05 e morreu em 18/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

412º óbito – homem de 92 anos, residente em Ilhéus, comorbidade doença pulmonar prévia, deu entrada dia 07/05 e morreu em 17/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

413º óbito – mulher de 92 anos, residente em Itabuna, comorbidade doença pulmonar prévia, deu entrada dia 01/05 e morreu em 13/05, em unidade da rede pública, em Salvador.
 

Fonte: Correio