Deputados articulam estender prazo do auxílio emergencial sem redução dos R$ 600

Deputados líderes de partidos começam a articular na Câmara uma proposta de ampliação do período de pagamento e a manutenção do valor de R$ 600 do auxílio emergencial pago pelo governo.

O pagamento da terceira parcela está garantido para junho, no entanto, os parlamentares trabalham agora nos bastidores para barrar uma possível redução do auxílio para R$ 200, como proposto inicialmente pelo ministro da Economia.

Mais três meses ou até o fim do ano

Ao menos dez projetos de lei sobre o assunto já foram protocolados na Câmara. Alguns sugerem ampliar o pagamento do auxílio emergencial por mais três meses.

Outros parlamentares querem que as parcelas se estendam até o fim do ano, quando está previsto o fim da validade do decreto de calamidade pública editado pelo governo devido a pandemia do novo coronavírus.

Segundo reportagem do portal G1, os deputados devem finalizar um novo projeto unificado nas próximas semanas. A expectativa é que ele seja votado em meados de junho.

Fonte: Agencia Brasil