Prefeitura inicia nesta quarta-feira ação de combate a mosquitos e muriçocas

A Secretaria Municipal da Saúde de Salvador (SMS), inicia nesta quarta-feira (27) uma nova estratéga no combate a mosquitos e muriçocas. A ação é voltada ara os chamados culicídeos – que, além da muriçocas, também inclui o Aedes aegypti. Segundo a prefeitura, será feita uma termonebulização – a aplicação de inseticida por meio de um equipamento que gera uma densa neblina que se espalha pelo ar. 

Com este método, é lançada uma mistura de inseticida e óleo mineral suficiente para eliminar os mosquitos, pois as gotículas do produto permanecem por um bom tempo flutuando no ar. Nesse primeiro dia da iniciativa, a partir das 19h30, agentes de combate a endemias percorrerão as ruas do Bairro da Paz para efetuar a termonebulização na área. 

“O intuito dessa ação é diminuir a infestação de muriçocas que, apesar de não transmitir zoonoses, acabam importunando os moradores e interferindo na qualidade do sono e no desempenho de suas atividades produtivas, eliminando de forma rápida um grande quantitativo de mosquitos em fase adulta. Com a estratégia, também conseguimos complementar as ações das arboviroses, eliminando também o Aedes aegypti. Assim, minimizamos a circulação da dengue, zika e chikungunya nos locais”, destacou Andrea Salvador, coordenadora do Centro de Controle de Zoonoses.

Ele lembrou que, somente em 2020, foram notificados 4.332 casos de dengue, 2.914 de chikungunya e 449 ocorrências de zika no município. O enfrentamento a essas doenças é fundamental também na luta contra o coronavírus, já que alivia a ocupação das unidades hospitalares. 

Fonte: Correio