Vaquinha para motoboy que fazia entregas a pé arrecada mais de R$ 50 mil

Com aluguel atrasado e sem comida em casa, um motoboy de Caruaru, no Agreste do Pernambuco, decidiu fazer entregas a pé pela cidade após ficar sem sua moto, estragada após um acidente. Comovidos com a história, internautas fizeram uma vaquinha virtual que já arrecadou mais de R$ 56 mil para ajudá-lo.

O caso de José Anderson na verdade ‘viralizou’ na internet depois que policiais, que faziam ronda no bairro onde o motoboy mora, gravaram um vídeo com ele. O Anderson está desempregado, é casado e te uma filha de apenas seis meses. Ele paga aluguel de R$350 e sua única renda é com as entregas.

Veja como a história do motoboy foi descoberta:

A pé, o motoboy diz que consegue fazer só a metada das entregas que fazia antes de moto, o que rende para ele entre R$ 15 a R$ 30 por numa noite inteira de trabalho, quando já chegou a percorrer andando com a mochila nas costas até 8 km.

“Enquanto tem muita gente que tira sarro, tira onda, me chama de doido, eu me ajoelho, pego minha filha no braço e digo que nunca vou deixar faltar nada para ela”, disse o motoboy ao site da vaquinha. “Graças a Deus, os policiais do batalhão especializado levaram a minha moto e vão tentar consertar”, comemorou.

A princípio, a ideia da vaquinha virtual era de garantir à família de Anderson tivesse o que comer, mas a campanha deu tão certo que o segundo objetivo dos organizadores é de juntar dinheiro para que o motoboy consiga comprar uma casa. 

Quem quiser colaborar com qualquer quantia para a vaquinha virtual do motoboy, deve acesar esse link.

 

Fonte: Agencia Brasil