Bolsonaro dá rolé de helicóptero e provoca aglomeração em lanchonete de Goiás

Sem agenda oficial na manhã deste sábado (30), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) embarcou num helicóptero e foi tomar café em uma lanchonete em Abadiânia de Goiás, a cerca de 120 km de Brasília. A presença do presidente provocou aglomerações.

O presidente carregava uma máscara, mas não a utilizou enquanto trocava apertos de mão e posava para fotos com populares. O presidente ainda pegou uma criança no colo e conversou com pessoas também sem utilizar a máscara. O chefe do Executivo estava acompanhado do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e do líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO).

Bolsonaro deixou o Palácio do Alvorada e embarcou no helicóptero, na Base Aérea em Brasília, pouco depois das 9h. Com a agenda oficial sem compromissos, a assessoria do Palácio do Planalto informou que Bolsonaro “está em agenda pessoal”.

“Indo pra Abadiânia-GO, com nosso presidente @jairbolsonaro, para conversar com a população”, escreveu o líder do governo no Twitter, ao postar uma foto com Bolsonaro e Tarcísio.

Homenagem
Bolsonaro chegou a abrir uma live na sua página no Facebook, em que aparece sem máscara, vestindo um boné, no Comando de Operações Especiais do Exército de Goiânia, prestes a entrar em um dos carros oficiais da Presidência. Vitor Hugo também divulgou um vídeo de Bolsonaro no local, recebendo uma homenagem dos militares.

Nessa sexta, o Brasil registrou pelo quarto dia consecutivo mais de mil mortes por covid-19 em 24 horas e passou a ocupar a quinta posição no ranking mundial de países com mais óbitos pela doença, ultrapassando a Espanha. Foram 1.124 mortes registradas entre quinta-feira e sexta-feira, elevando o total de óbitos pela doença para 27.878 no País. Apenas os Estados Unidos apresentaram, até o momento, mais de três dias seguidos com óbitos superiores a mil entre um dia e outro. As informações são do Estadão Conteúdo.

Fonte: Correio