Imagem de deputado como Hitler é de 2019: 'Tiram do contexto pra atacar', argumenta

Uma foto do deputado estadual André Fernandes (PSL) voltou a circular nas redes sociais neste sábado, 30, gerando uma porção de críticas negativas e associação ao nazismo devido a referência ao ditador alemão Adolf Hitler. No Twitter, o deputado afirmou que a foto foi feita em 1º de maio de 2019 e que se tratava de uma “brincadeira” na hora de tirar a barba.

“Quando fui tirar minha barba, fiz esses stories e uma grande parte de vocês deve lembrar! Acreditem, pegaram a minha foto chamando um genocida de FDP e estão dizendo que ando fazendo saudação nazista”, escreveu o parlamentar. “Tiram do contexto pra atacar”.

Montagem completa foi publicada pelo deputado nas redes sociais

Imagem motivo da polêmica (Foto: Reprodução)

Além da referência ao ditador alemão, o deputado reuniu outras quatro imagens na postagem que seriam da sequência de stories no Instagram. Em uma delas, fazia referência ao rapper Mano Brown. Em outra foto, com cavanhaque, escreveu que estava com “cara de traficante”.

Minutos antes da postagem, a assessoria de imprensa havia confirmado ao O POVO que a imagem não era recente e tratou a situação como “mera brincadeira” com os seguidores do Instagram. A Constituição Federal proíbe, no Art.20, referências ao nazismo sob pena de reclusão de dois a cinco anos e multa.

O deputado já é alvo de pedido de suspensão que aguarda votação em plenário na Assembleia Legislativa do Ceará e de outras duas representações. No início deste mês, Fernandes acusou o secretário da Saúde do Ceará, Dr. Cabeto, de envolvimento em falsificação de atestados de óbito para “inflar” mortes por Covid-19 no Ceará.

Fonte: Correio