A cavalo, Bolsonaro cumprimenta manifestantes em Brasília; ato pedia medidas inconstitucionais

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro fizeram mais um ato em Brasília, na manhã deste domingo (31). Na manifestação, ativistas defendiam medidas antidemocráticas e inconstitucionais, como o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF), do Congresso Nacional e intervenção militar. 

Bolsonaro, por sua vez, sobrevoou a Esplanada dos Ministérios, onde acontecia o ato. A bordo de um helicóptero, ele fez uma transmissão ao vivo em sua página no Facebook. 

Depois, o próprio Jair Bolsonaro participou da manifestação. Quando pousou, o presidente percorreu o cercado onde os apoiadores se aglomeravam e pegou uma criança no colo. Também contrariando orientações de autoridades de saúde durante a pandemia da covid-19, Bolsonaro não usava máscara, além de estar em uma aglomeração. 

Ele andou a cavalo durante o ato, tendo ficado no local por cerca de 25 minutos antes de seguir para o Palácio do Planalto. 

Desde que o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou o cumprimento de mandados de busca e apreensão a alvos bolsonaristas, dentro do inquérito contra as fake news, a corte tem sofrido ataques por parte de Jair Bolsonaro e de seus apoiadores.

Na noite de sábado, um grupo chegou a protestar em frente ao STF usando máscaras de filmes de terror e tochas acesas – os participantes foram acusados de se inspirar no nazismo e na Ku Klux Klan. 
 

Fonte: Correio