Médicos que atuam no combate ao coronavírus ganham casamento em hospital; veja

Um casal de médicos que atua na linha de frente do combate ao novo coronavírus ganhou um casamento surpresa no hospital onde trabalham, em Niterói, no Rio de Janeiro.

A ideia foi de Ricardo Carvalho, que surpreendeu os colegas Katherine Carvalho, que já foi diagnosticada com Covid-19, e o seu então namorado, Frederico Salgado. A dermatologista de 31 anos e o cirurgião-geral de 32 planejavam se casar no dia 15 de maio, mas tiveram que cancelar a celebração da união devido a pandemia.

Apesar de terem remarcado o evento para outubro, eles evidenciaram a alegria ao gesto do colega, veja: 

 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

💪🏼😍😷🥰❤️🧡💛💚💙O médico Ricardo Carvalho fez o casamento surpresa dos colegas Katherine Carvalho, dermatologista de 31 anos e Frederico Salgado Soya, cirurgião-geral de 32 anos, dentro do hospital. A união dos dois estava marcada para o último dia 15, mas eles tiveram que remarcar para 23 de outubro, por causa da pandemia. O casamento dos trabalhadores da linha de frente foi no CHN, Complexo Hospitalar de Niterói, no Rio de Janeiro. Os convidados foram os plantonistas, que junto com o casal, lutam para salvar vidas nessa pandemia. Parabéns aos noivos e à equipe, que teve essa bela ideia e levou bolo, buquê e véu simbólicos, feitos de TNT. 👏🏼👏🏼👏🏼🙌🏼😀😷 Que vocês sejam muito felizes @katherine_contage ❤️❤️❤️❤️Leia a matéria completa no SoNoticiaBoa.com.br #sonoticiaboa #goodnews #casamento #medicos #hospital #cnh #riodejaneiro #amor #festa #linhadefrente #covid19 #coronavirus #pandemia 🎥 #Repost @eusoudeniteroi ・・・ Plantonistas do CHN (Complexo Hospitalar de Niterói) se reúnem para fazer cerimônia surpresa de casamento para médicos, que tiveram que adiar a cerimônia por causa da Covid-19.

Uma publicação compartilhada por Só Notícia Boa (GoodNews-Br) (@sonoticiaboa) em 28 de Mai, 2020 às 5:38 PDT

“O Fred é festeiro. Nós nos conhecemos há oito anos, na universidade, e moramos juntos há três. Fazemos plantão às sextas, cuidando de pacientes com coronavírus. Eu tive a Covid-19. Não sei se conseguiremos fazer a festa em outubro, mas há coisas muito mais importantes que isso”, disse Katherine ao jornal O Globo.

A festa aconteceu no dia 15 de maio, no Complexo Hospitalar de Niterói.

Fonte: Agencia Brasil