Mais dois shoppings de Salvador têm pagamento de aluguel de lojas suspenso pela Justiça

A Justiça da Bahia decidiu pela suspensão da cobrança de aluguel das lojas dos shoppings Paralela e Bela Vista. A medida é válida enquanto os centros comerciais estiverem fechados por causa da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com informações do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado da Bahia (Sindlojas), mantido apenas o pagamento da taxa de condomínio, cujo valor é utilizado para a manutenção dos próprios estabelecimentos.

Com isso, sobe para quatro o número dos centros comerciais que tiveram o pagamento do aluguel de lojas suspenso. Em abril, a Justiça havia determinado que os shoppings da Bahia e Salvador Norte também não fizessem a cobrança. A decisão foi da 3ª Vara Cível e Comercial de Salvador, que acatou as liminares protocoladas pelo Sindlojas.

O sindicato aguarda a decisão em relação a outros três shoppings: Barra, Salvador e Lapa. A expectativa, de acordo com o presidente do Sindlojas, Paulo Mota, é de que saia ainda nesta quarta-feira (3).

De acordo com o grupo que administra o Shopping Paralela, Saphyr Shopping Centers, em nota, foram feitas “alterações significativas nos boletos desde o momento inicial”. O Shopping Bela Vista ainda não se manifestou.

O Salvador Shopping, por sua vez, ainda não teve decisão judicial a seu respeito, mas afirmou que está oferecendo um desconto de 100% no valor do aluguel mínimo para o mês de abril. O mesmo é válido para o Salvador Norte, ambos parte do Grupo JCPM. Segundo a empresa, foram concedidos ainda descontos (35%) e a postergação do pagamento do aluguel mínimo de março/2020 para fevereiro de 2021. 

Veja a nota do Shopping Paralela:
A Saphyr Shopping Centers, administradora do Shopping Paralela, continua com seu propósito de buscar soluções que visem a manutenção do negócio e a perenidade dos parceiros, realizando ações que minimizem o impacto causado pela pandemia. Dessa forma, realizou alterações significativas nos boletos desde o momento inicial.

Estar próximo dos lojistas nesse momento é primordial e o time administrativo tem acompanhado de perto todos eles, tratando cada negociação de forma individual, entendendo as particularidades e necessidades de cada operação.

Fonte: Correio