Pico de casos e mortes por coronavírus no Brasil será em julho, diz estudo

Outrora inicialmente estipulado pro início de maio, o pico da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil será em 6 de julho. Os novos dados são parte de um estudo feito por cientistas da Funcional Health Tech, plataforma independente que coleta dados relacionados à saúde em todo o país.

Segundo as previsões, na escalada como está, o Brasil terá mais de 1,7 milhão de infectados, o que colocaria o país perto de ser o mais infectado no mundo. 

De acordo com dados consultados na manhã desta quarta-feira (3) da Universidade John Hopkins, nos EUA, são 1.834.243 infectados. O Brasil está em segundo na escala global, com 555.383 casos confirmados.

Ainda de acordo com a análise, São Paulo, um dos estados mais afetados pela doença no país, terá seu pico em 10 de julho, com 601 mil infectados. Em Minas Gerais, o pico deve ser em setembro, quando o estado alcançará a marca de 90.757 doentes.

Para a análise, o estudo usou o modelo matemático de epidemiologia SEIR.

Fonte: Agencia Brasil