Vacina anti-Covid de Oxford, a mais avançada do mundo, será testada no Brasil

Considerada a vacina contra o novo coronavírus (Covid-19) mais avançada em desenvolvimento no planeta, o antiviral desenvolvido pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, em parceria com uma empresa italiana de biotecnologia, será testada em humanos também no Brasil.

Segundo informações obtidas pela ANSA, a próxima fase de testes da vacina ChAdOx1 nCoV-19 envolverá cerca de 10 mil voluntários saudáveis no Reino Unido e no Brasil, sendo que a a quantidade será igualmente dividida.

Como na Europa há menor circulação do vírus devido às medidas de isolamento, os cientistas procuraram mercados onde o patógeno ainda está em grande propagação, como no Brasil, atual epicentro da pandemia.

As doses de testagem da ChAdOx1 nCoV-19 foram produzidas pela empresa italiana Advent-IRBM, de Pomezia, e a Universidade de Oxford  tem um acordo com a multinacional sueco-britânica AstraZeneca para a fabricação e distribuição da vacina em nível mundial.

Após pedido da AstraZeneca, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o estudo em solo tupiniquim, este que foi publicado no Diário Oficial da União nesta terça-feira (2).

Fonte: Agencia Brasil