'Ele é um pouco machista e um pouco autoritário', diz ex-mulher de Bolsonaro

A advogada Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher de Jair Bolsonaro, disse em entrevista para o site da TV estatal da Noruega, a NRK, que o presidente do Brasil é “um pouco machista e um pouco autoritário”. 

Ana Cristina manteve união estável com Bolsonaro entre 1998 e 2008 e é mãe de Jair Renan, o filho “04”, como Bolsonaro costuma se referir. A reportagem da NRK foi no último sábado, 30 de maio.

Ana Cristina foi questionada durante a entrevista sobre aspectos positivos e negativos da personalidade do ex-marido. Ao mencionar, os negativos disse apontou o machismo.

“Infelizmente, tenho que dizer que ele é um pouco machista. Um pouco autoritário. E quando ele fala sem pensar, tem um lado positivo como negativo também “, afirmou Ana Cristina à TV NRK. Já sobre os aspectos positivos, ela declarou que ele é “honesto” e “luta contra a corrupção”:

“Ele diz o que quer dizer, independentemente das consequências, e é inteligente”, afirmou a ex-mulher de Bolsonaro.

A TV estatal norueguesa também questionou Ana Cristina sobre como ela analisa a condução de Bolsonaro durante a pandemia e o combate ao novo coronavírus. Ela afirmou que ele fez coisas “certas e erradas”, mas não mencionou exemplos.

“Ele fez as coisas certas e erradas durante a crise do coronavírus. Mas sua maior preocupação é que, quando a pandemia terminar, o desemprego e a pobreza matem mais do que o próprio vírus”, disse a ex-mulher do presidente.

Fonte: Correio