Pagamento de benefício para informais será prorrogado, diz ACM Neto

A prefeitura de Salvador planeja prorrogar o pagamento dos beneficiários do programa Salvador por Todos, que atende ambulantes e autônomos durante a pandemia do novo coronavírus.

Programado inicialmente para três meses, o benefício chega ao fim no mês de junho, mas um projeto de lei vai ser enviado para a Câmara Municipal de Salvador pedindo a prorrogação da medida.

“Vamos encaminhar um novo projeto de lei propondo a prorrogação do programa. Inicialmente foi pensado para três meses, eu estou definindo o tempo que vou precisar dessa prorrogação”, explicou o prefeito ACM Neto durante entrevista online na manhã deste sábado (13).

Atualmente, 37 mil trabalhadores são beneficiados com o pagamento de R$ 270 da prefeitura de Salvador. De acordo com ACM Neto. A base de beneficiários vai ser mantida na nova fase do programa. 

“A priori a ideia é manter o base de beneficiários. Sei que muitas pessoas estão pressionando para entrar, mas não temos capacidade de ir muito além dos 37 mil beneficiários. Os recursos são limitados”, disse ele.

As seguintes categorias têm direito ao valor: ambulantes, barraqueiros, donos de quiosques, baianas de acarajé, guardadores de carro, recicladores, baleiros, taxistas, mototaxistas e motoristas de aplicativo a partir de 60 anos.  

Fonte: Correio