Brasil registra 627 mortes em 24h por covid-19; total chega a 43.959

O Brasil registrou mais 627 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, segundo boletim de atualização divulgado nesta segunda-feira (15) pelo Ministério da Saúde. Com isso, chega a 43.959 o número de óbitos pela doença no país.

Também foram registrados 20.647 novos casos do novo coronavírus, o que eleva o número de infectados no país para 888.271. Desse total, segundo o Ministério da Saúde, 412.252 (46,4%) representam o número de pacientes recuperados.

São Paulo continua liderando o número de casos, com 181.460 confirmações da covid-19, e 10.767 mortes. Em seguida, vem o Rio de Janeiro, com 80.946 casos da doença e 7.728 óbitos; e o Ceará, com 79.462 confirmações de contaminação pelo novo coronavírus e 4.999 mortes.

Bahia
O avanço da covid-19 na Bahia registrou, nas últimas 24h, 1.219 novos casos da doença (taxa de crescimento de +3,3%), com 40 óbitos (+3,6%) e 364 curados (+2,4%).

Segundo o boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) na tarde desta segunda-feira (15), dos 37.620 casos confirmados desde o início da pandemia, 15.850 já são considerados curados, 20.625 encontram-se ativos e 1.145 tiveram óbito confirmado.

As confirmações ocorreram em 356 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (55,20%).

Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Itajuípe (9.662,78), Uruçuca (9.454,65), Ipiaú (8.872,32), São José da Vitória (8.485,06) e Salvador (7.145,72).

O boletim epidemiológico contabiliza 37.620 casos confirmados, 73.005 casos descartados e 81.369 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (15).

Na Bahia, 5.341 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Taxa de ocupação
Na Bahia, dos 2102 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1265 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 60% No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 866 leitos exclusivos para o coronavírus, 642 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 74%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Fonte: Correio