Morre Jorge Maia, torcedor que pediu intervenção e fez o Bahia democrático

Morreu na tarde desta sexta-feira (19) o torcedor do Bahia Jorge Maia. Ele estava internado no Hospital da Bahia e não resistiu a um linfoma.

Aposentado desde 2015, Jorge Maia é o torcedor que abriu o processo contra o presidente Marcelo Guimarães Filho, que culminou no processo de intervenção do clube e o tornou democrático. 

Foto: Acervo pessoal

Apaixonado pelo Bahia, Jorge se tornou sócio do tricolor em 1962. Após 18 anos de dedicação ao clube, em 1980, ganhou o título de sócio remido. Ele militou na oposição do Bahia desde o início dos anos 1990, quando Paulo Maracajá estava à frente da presidência do clube. Foi presidente por dois anos do grupo oposicionista, a Associação Bahia Livre (ABL), e foi o responsável por entrar com a ação judicial solicitando a intervenção no Bahia – sem qualquer relação com grupo do qual fazia parte

Conhecido carinhosamente como “pai da intervenção” por parte da torcida do Bahia, também foi homenageado com o título de Grande Benemérito pelo tricolor em 2015.

Fonte: Correio