O melhor em uma relação é saber que a gente pode sempre contar com o outro

Não existe relacionamento perfeito e eu já quero começar o nosso bato de hoje
assim, caro leitor, para que a nossa relação nessa coluna não seja baseada em falsas
expectativas. Toda construção afetiva enfrenta problemas. Algumas mais do que
outras, é verdade. Existe até aquela que dizem que são os problemas o combustível
que a faz durar. Como também existe o casal que afirma, com orgulho, que a relação é
um lugar sagrado onde a paz reina todo dia, sem brigas ou confusão.
Independentemente de como a sua relação se veste, se mostra e aparece, o
bom mesmo é ter aquela companhia que a gente tem a certeza de que pode contar
para tudo. Onde a amizade é o carinho que retroalimenta o amor. A admiração. O
respeito. Bom é entender que podemos sucumbir em alguns momentos, diante de
adversidades da vida, e ter no outro uma fonte de apoio.
O melhor de uma boa relação é encontrar no amor que a gente sente o
conforto de saber que a pessoa está ali nos fazendo bem com a química que bateu
certo, com o encaixe perfeito na cama, com o fogo da paixão vivo nas palavras do dia a
dia, e além de tudo isso está também disposta a nos manter de pé, ou nos resgatar de
uma queda, quando tudo a nossa volta vira um caos.
Saber viver bem, em paz e com o coração tranquilo sozinha ou sozinho é uma
maravilha e eu super recomendo. Esse é um processo que requer muito
autoconhecimento e muitos tombos na caminhada. Mas quando o assunto é viver à
dois, em uma relação afetiva, nos deparamos com muitos muros, fronteiras e
paradigmas pessoais que precisam ser superados.
É no apoio, na confiança, naquela palavra que chega na hora certa e no silêncio
muitas vezes necessário. É quando as atitudes dizem tudo sobre o amor sem sequer
mencionar um ‘eu te amo’. É no querer fazer bem ao outro e sentir que essa é uma
vontade recíproca. É quando chove por dentro e encontramos no olhar do outro o sol
que precisamos para superar um dia difícil.
Eu acredito que esse é o melhor detalhe de um relacionamento e está longe de
ser comparado a uma dependência emocional. Esse é o tipo de amor que todo mundo
que acredita em PARCERIA merece. Saiba ser só, saiba ficar bem quando estiver
sozinha ou sozinho, mas se engatou algo sério, bacana e gostoso com alguém: busque
nesse olhar a tranquilidade de saber que você pode contar com o outro sempre que
precisar.

Fonte: Correio