Hidroxicloroquina é suspensa do tratamento da covid-19 nos EUA

O ensaio clínico que estava avaliando a segurança e a eficácia da hidroxicloroquina no tratamento contra a covid-19 foi suspenso. A pesquisa estava sendo realizada pelo Instituto de Nacional de Saúde dos Estados Unidos. No início da semana, a Organização Mundial da Saúde (OMS) já havia sinalizado a ineficiência da medicação.

Os pesquisadores perceberam que a hidroxicloroquina não proporcionou benefícios aos pacientes e, por isso, resolveram por fim ao estudo. Os remédios também não provocaram danos a saúde das pessoas testadas na pesquisa. O medicamento é usado no tratamento da malária e sempre foi elogiado pelo presidente Donald Trump como uma alternativa para os casos do novo coronavírus.

Na segunda-feira (15), a agência reguladora de medicamentos dos EUA já havia revogado a autorização de uso emergencial da hidroxicloroquina no tratamento da covid-19. O presidente americano defendia o uso da medicação e chegou a dizer que estava tomando o remédio de forma preventiva.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) havia sinalizado essa semana que o medicamento foi suspenso em alguns países por provocar danos e não trazer benefícios aos pacientes com covid-19.

Fonte: Correio