Shopping localizado no limite de cidades do interior se divide por quarentena

A flexibilização do comércio e o crescente número de ocupação de leitos de UTI para pacientes do novo coronavírus fez com que um shopping se dividisse para atender às regras de cada um dos municípios.

O Shopping Iguatemi Esplanada se localiza no limite entre as cidades de Sorocaba e Votorantim (a 60km de SP). Enquanto parte do estabelecimento está fechada, outra abre com restrições.

Para marcar a divisão, o shopping vai utilizar suas duas entradas: a da ala norte, que fica em Sorocaba (com 23 mil metros quadrados), e a ala sul em Votorantim (a maior, com 40 mil metros quadrados).

A decisão pela medida foi uma resposta ao anúncio da Prefeitura de Sorocaba, na última sexta-feira (19), de retornar à fase 1 do Plano São Paulo, a quarentena anunciada pelo governador João Dória (PSDB) há pouco mais de dois meses. O motivo seria a falta de vagas em UTIs na cidade, que registrou 100% de ocupação no fim de semana. Nesta terça-feira, o percentual caiu para 92%.

Votorantim, no entanto, decidiu não alterar a classificação, já que considera o índice de contaminação baixo. De acordo com o último levantamento, divulgado nesta segunda-feira (22), o município registra 352 confirmações e 17 mortes. Já Sorocaba tem 3.406 casos confirmados de Covid-19, com 96 óbitos.

Segundo a assessoria do shopping, das 390 lojas, 35 ficam em Sorocaba. Dessas, algumas continuam funcionando pois fazem parte da lista de serviços essenciais (como pet shop, consultório odontológico, uma agência bancária e lojas de alimentação, funcionando por delivery).

Os demais estabelecimentos considerados não essenciais tiveram de fechar as portas. Do lado de Votorantim, as lojas podem abrir das 15h as 19h, com as restrições de isolamento e lotação máxima de 20%, incluindo nos corredores do shopping.

“O empreendimento reitera que continuará seguindo as determinações do Decreto Estadual, assegurando a manutenção de todos os protocolos de saúde e segurança. Os sistemas de delivery e drive thru permanecerão em funcionamento em seu horário habitual”, segundo nota do Iguatemi Esplanada.

“É meio estranho vir aqui e encontrar uma parte fechada, mas enquanto a pandemia não estiver sob controle, vamos ter que nos adaptar”, afirma a publicitária Paula de Oliveira, 28, que precisou ir à agência bancária que está aberta. “O coronavírus não é brincadeira, mas achei esquisito esse esquema do shopping, acho que deveria fechar tudo”, diz a cuidadora de idosos Maria Aparecida Telles, 58.

Sem leitos disponíveis, a Prefeitura de Sorocaba teve que “exportar” pacientes com coronavírus para São Paulo. Pelo menos cinco casos aconteceram nas últimas 24 horas. A administração afirma que todos foram inseridos no sistema da Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross), do governo estadual, e que a transferência é considerada “normal”.

O município, que tem 630 mil habitantes, está em “nível de alerta”, segundo a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional. Para tentar amenizar a situação, novos leitos devem ser inaugurados.

Na Santa Casa de Misericórdia, serão dez, que devem começar a funcionar a partir desta quarta-feira. A infraestrutura está em fase de finalização. Serão 40 leitos ao todo. Outros dez também devem começar a funcionar até o fim desta semana no Conjunto Hospitalar de Sorocaba, administrado por uma organização social, totalizando 20. A unidade também recebe pacientes de outras 47 cidades do entorno.

Para tentar evitar os deslocamentos desnecessários, mesmo com a permissão maior para o comércio, a prefeitura de Votorantim instalou nesta terça-feira barreiras sanitárias em duas avenidas da cidade, mas que não ficam próximos ao shopping, que vão funcionar de segunda à sábado. Agentes da Vigilância Sanitária, Guarda Civil Municipal e Polícia Militar vão orientar as pessoas sobre o uso de máscaras e a importância das medidas de higiene.

Fonte: Agencia Brasil