Goleiro Bruno é garoto-propaganda de canil após prisão por morte de Eliza

Condenado pelo assassinato de Eliza Samudio, o goleiro Bruno Fernandes aparece divulgando um canil em uma imagem compartilhada nessa terça-feira (23) na página do Instagram. A publicação teve grande repercussão nas redes sociais. Bruno foi investigado na época do assassinato por jogar os restos mortais da modelo para cachorros comerem, em 2010.

Após críticas, a página do canil Friendsbullkennel desativou os comentários da publicação e fechou a conta do perfil. O goleiro porém postou as fotos em sua conta.

Bruno foi condenado a 20 anos e 9 meses de prisão por homicídio triplamente qualificado pela morte e ocultação de cadáver de Eliza Samudio, mãe de seu filho. O corpo de Eliza nunca foi encontrado.

Fonte: Correio