Mia Khalifa pede que mulheres não façam pornô: 'Ninguém deveria passar por isso'

Mia Khalifa atingiu a fama após atuar em 11 filmes eróticos gravados em 2014. A ex-atriz, no entanto, usou o Tik Tok para alertar seguidoras sobre os riscos da indústria pornográfica e pedir que outras mulheres não sigam a mesma carreira.

“Esses 11 vídeos vão me assombrar até eu morrer, e eu não quero que outra garota passe por isso, ninguém deveria”, escreveu, na plataforma.

Em outro vídeo, Mia comenta que o dinheiro que recebeu na época não compensa os danos psicológicos causados pelo curto período de carreira como atriz pornô.

“Esse ataque vem toda hora ao lembrar que as centenas de milhões de impressões [que as pessoas têm sobre ela] são baseadas apenas nos três meses mais tóxicos e pouco característicos de sua vida, quando você tinha 21 anos”, comentou.

Fonte: Correio