A cineasta Suzana Amaral morreu nesta quinta-feira (26) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Segundo o hospital, Suzana teve um AVC e ficou com a saúde fragilizada no ano passado.

Suzana Amaral dirigiu “A hora da estrela”, de 1985, baseado no livro de mesmo nome de Clarice Lispector. O filme foi consagrado no festival de Berlim, e levou dois prêmios paralelos de direção (o OCIC e o C.I.C.A.E. Award), um Urso de Prata de melhor atriz para Marcelia Cartaxo e uma indicação ao Urso de Ouro para Suzana.

Ela lançou “Uma vida em segredo”, em 2001, baseado na obra homônima de Autran Dourado. Ela também dirigiu diversos documentários e programas para a TV Cultura.

Suzana Amaral nasceu em São Paulo – há registros de nascimento em 1928 e 1932 – e se formou em cinema pela Escola de Comunicação Social e Artes da USP, entre 1968 e 1971. 

Fonte: Correio