Foto: Divulgação

Prefeito de Canavieiras, no baixo sul baiano, por quatro mandatos e presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) em 1981 e 1982, Almir Melo morreu neste domingo (28). A causa da morte não foi divulgada.

Almir Melo era o atual secretário geral do MDB baiano e pai de Almir Melo Júnior, ex-secretário e atual presidente da Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador (Arsal).

Diversos membros da classe política lamentaram a perda, a exemplo do governador Rui Costa e dos prefeitos de Salvador e Feira de Santana, ACM Neto e Colbert Martins Filho, que era correligionário de Melo.

“Não apenas a população de Canavieiras está enlutada, mas também o MDB da Bahia. É uma perda muito sentida pelo município, do seu ex-prefeito, mas também lamentamos nós, do MDB”, afirmou o prefeito de Feira.

O prefeito da capital também se solidarizou. “Lamento muito a morte de Almir Melo, ex-prefeito de Canavieiras e um dos políticos mais expressivos da Bahia. Suas administrações mudaram completamente o perfil de Canavieiras, transformando a cidade em um canteiro de obras”, declarou Neto.

O governador se declarou surpreso com a morte de Melo. “Surpreendeu a todos, na tarde deste domingo, a morte de Almir Melo. Ex-prefeito de Canavieiras, era uma das mais respeitadas lideranças políticas do Sul da Bahia. Que Deus conforte todos os familiares e amigos dele neste momento de dor e tristeza pela perda repentina”, comentou Rui, também em publicação nas redes sociais.

No site da UPB, o atual presidente da entidade, Eures Ribeiro, divulgou nota de pesar sobre a morte. “Neste momento de dor, a Diretoria da UPB e os funcionários da entidade se solidarizam com a família enlutada e com o povo canavierense pela perda desse grande líder. Gestor comprometido com o desenvolvimento regional da Bahia e do baixo sul, Almir Melo deixa um legado de compromisso com o municipalismo. Que descanse em paz”, afirmou.

Fonte: Correio