Uma criança de 10 anos e mais três pessoas morreram em um tiroteio na zona norte do Rio de Janeiro na madrugada deste domingo (28).

No total, mais seis pessoas foram baleadas, em uma festa junina que começou na noite de sábado (27) e ocorria em Anchieta.

De acordo com a Polícia Militar, equipes do 41° batalhão, em Irajá, foram acionadas para checar a entrada de vítimas de disparos de arma de fogo na UPA de Ricardo de Albuquerque.

Ao chegar no local, os policiais constataram a entrada de onze feridos. Quatro pessoas não resistiram, segundo informações da PM-RJ.

A Delegacia de Homicídios da capital foi acionada para investigar os fatos e está à frente da operação que investiga o ocorrido. Também vai ficar a cargo de identificar os corpos.

Segundo relatos nas redes sociais, um carro com homens armados passou efetuando disparos contra os participantes da festa.

Eventos como festas juninas estão proibidas no Rio por força de decreto, para evitar aglomerações a fim de ajudar no combate à pandemia da Covid-19.

Fonte: Agencia Brasil