Brasil registra 692 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas

Com 692 novas mortes, registrados nas últimas 24 horas, sobe para 58.314 o total de mortes em função da pandemia do novo coronavírus no Brasil. O número foi divulgado na atualização diária do Ministério da Saúde. O total representou um aumento de 1,2% em relação a ontem (28), quando o balanço marcou 57.622 falecimentos totais em decorrência da covid-19.

Para se ter uma ideia do que o número representa, a soma é maior do que a capacidade de conhecidos estádios brasileiros, como Beira Rio e Arena do Grêmio, em Porto Alegre, e Arena Fonte Nova, em Salvador.

Ainda conforme o Ministério da Saúde, nas últimas 24 horas foram adicionadas às estatísticas mais 24.052 casos confirmados de covid-19. Com isso, o Brasil atinge 1.368.195 milhões de casos acumulados da doença.

A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 4,3%. A mortalidade (quantidade de óbitos por 100 mil habitantes) atingiu 27,7. A incidência dos casos de covid-19 por 100 mil habitantes é de 651,1.

O balanço do Ministério da Saúde aponta 552.419 pacientes ainda em observação, enquanto o total de recuperados desde o início da pandemia totaliza 757.462.

Regiões mais afetadas
A região com mais óbitos por covid-19 é o Sudeste, com 26.807. É nela onde estão os dois estados com maior número de vítimas: São Paulo (14.398) e Rio de Janeiro (9.848). Em seguida vem a região Nordeste, com 18.923 vítimas da doença. Os estados nordestinos com mais vítimas são Ceará (6.076) e Pernambuco (4.782).

Bahia
A Bahia atingiu a marca de 1.800 mortos pela covid-19 nesta segunda-feira (29), quando 52 novas vítimas foram contabilizadas pelo boletim diário divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

Em 24h, o estado teve o registro de 972 novos casos de infectados pelo vírus, chegando a 69.467 confirmações. Deste total, 23.721 estão com a doença ativa e 23.721 se curaram – 874 contabilizados de ontem para hoje.

Os casos confirmados ocorreram em 385 dos 417 municípios baianos, segundo a Sesab. Desse total, 32.599 são de Salvador (47,24%), cidade com maior número de pessoas infectadas. Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Itajuípe (1.800,79), Ipiaú (1.506,33), Gandu (1.484,43), Uruçuca (1.203,76), e Itabuna (1.164,98).

Foram descartados ainda 159.204 casos e outros 72.067 seguem em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (29).

Na Bahia, 8.264 profissionais da saúde foram infectados pela covid-19.

Taxa de ocupação
Dos 2.284 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus na Bahia, 1.385 estão ocupados – ou seja, 61%. Em relação aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 916 exclusivos para a covid-19, 705 vagas estão preenchidas (77%).

Vale lembrar que esse número muda a todo instante, com a alta, transferência ou óbito de pacientes. Além disso, intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. A Sesab pontua ainda que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Óbitos
Veja o perfil dos novos óbitos confirmados nesta segunda:

1749º óbito – homem, 90 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 25/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

1750º óbito – homem, 80 anos, residente em Salvador, portador de doenças hematológicas, foi internado dia 06/06 e foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

1751º óbito – mulher, 51 anos, residente em Salvador, portadora de doença cardiovascular, foi internada dia 13/06 e foi a óbito dia 22/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1752º óbito – homem, 64 anos, residente em Varzedo, portador de hipertensão arterial, diabetes e doença cardiovascular, foi internado dia 14/06 e foi a óbito dia 21/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1753º óbito – mulher, 54 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 18/04 e foi a óbito dia 20/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1754º óbito – homem, 60 anos, residente em Santo Antônio de Jesus, sem comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 22/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1755º óbito – mulher, 80 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 19/05 e foi a óbito dia 25/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1756º óbito – mulher, 62 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 29/05 e foi a óbito dia 25/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1757º óbito – mulher, 71 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internada dia 01/06 e foi a óbito dia 07/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1758º óbito – mulher, 72 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 06/05 e foi a óbito na mesma data (06/05), em unidade da rede pública, em Salvador;

1759º óbito – mulher, 45 anos, residente em Salvador, portadora de obesidade, foi internada dia 17/05 e foi a óbito dia 28/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

1760º óbito – homem, 82 anos, residente em Salvador, portador de diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 24/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1761º óbito – homem, 61 anos, residente em Salvador, portador de diabetes, neoplasias e doença renal crônica, foi internado dia 20/06 e foi a óbito dia 26/06, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

1762º óbito – mulher, 51 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 04/05 e foi a óbito dia 15/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1763º óbito – homem, 71 anos, residente em Salvador, portador de doença renal crônica, foi internado dia 05/05 e foi a óbito dia 12/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1764º óbito – homem, 56 anos, residente em Lauro de Freitas, portador de hipertensão arterial, diabetes e obesidade, foi internado dia 22/06 e foi a óbito dia 23/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1765º óbito – homem, 82 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 11/06 e foi a óbito dia 13/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1766º óbito – homem, 70 anos, residente em Salvador, portador de diabetes, foi internado dia 13/06 e foi a óbito dia 19/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1767º óbito – mulher, 60 anos, residente em Salvador, portadora de doença renal crônica e obesidade, foi internada dia 27/05 e foi a óbito dia 11/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1768º óbito – mulher, 78 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 17/05 e foi a óbito dia 26/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1769º óbito – mulher, 58 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 04/06 e foi a óbito dia 10/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1770º óbito – homem, 78 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internado dia 30/05 e foi a óbito dia 15/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1771º óbito – mulher, 74 anos, residente em Quijingue, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 10/06 e foi a óbito dia 23/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1772º óbito – homem, 65 anos, residente em Filadélfia, portador de diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede privada, em Remanso;

1773º óbito – mulher, 60 anos, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 08/06 e foi a óbito dia 09/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1774º óbito – mulher, 65 anos, residente em Candeias, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 03/06 e foi a óbito dia 21/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1775º óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 01/06 e foi a óbito dia 13/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1776º óbito – homem, 70 anos, residente em Luís Eduardo Magalhães, portador de hipertensão arterial, data de admissão não informada, foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede pública, em Barreiras;

1777º óbito – homem, 45 anos, residente em Conde, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 07/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1778º óbito – homem, 72 anos, residente em Luís Eduardo Magalhães, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede pública, em Barreiras;

1779º óbito – mulher, 58 anos, residente em São Francisco do Conde, portadora de hipertensão arterial, diabetes, doença respiratória crônica e obesidade, foi internada dia 04/06 e foi a óbito dia 05/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1780º óbito – mulher, 50 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes, foi internada dia 08/06 e foi a óbito dia 20/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1781º óbito – homem, 71 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 20/04 e foi a óbito dia 08/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1782º óbito – homem, 75 anos, residente em Ipiaú, portador de doença cardiovascular e imunodeficiência, foi internado dia 08/06 e foi a óbito dia 15/06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

1783º óbito – homem, 76 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 24/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1784º óbito – mulher, 87 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, foi internada dia 09/06 e foi a óbito dia 26/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1785º óbito – homem, 70 anos, residente em Ituberá, portador de hipertensão arterial, data de admissão não informada, foi a óbito dia 15/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1786º óbito – homem, 58 anos, residente em Salvador, portador de diabetes e obesidade, foi internado dia 15/06 e foi a óbito dia 26/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1787º óbito – mulher, 93 anos, residente em Alagoinhas, sem informação de comorbidades, foi internada dia 26/06 e foi a óbito dia 27/06, em unidade da rede pública, em Alagoinhas;

1788º óbito – homem, 47 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e obesidade, foi internado dia 25/06 e foi a óbito dia 26/06, em hospital militar, em Salvador;

1789º – mulher, 92 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença renal crônica, foi internada dia 08/06 e foi a óbito dia 23/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

1790º óbito – mulher, 85 anos, residente em São José do Jacuípe, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 19/06 e foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

1791º óbito – homem, 68 anos, residente em Ituberá, sem informações acerca de comorbidades. Também sem informações sobre a data de internação, foi a óbito dia 14/06, em hospital da rede pública, em Ilhéus;

1792º óbito – homem, 55 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e obesidade. Internado dia 28/05, foi a óbito dia 25/06, em hospital da rede particular, em Lauro de Freitas;

1793º óbito – homem, 85 anos, residente em Eunápolis, portador de hipertensão arterial. Internado dia 18/05, foi a óbito dia 13/06, em hospital da rede pública, em Porto Seguro;

1794º óbito – homem, 75 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internado dia 17/06, foi a óbito dia 23/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

1795º óbito – mulher, 76 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internada dia 12/06, foi a óbito dia 20/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1796º óbito – homem, 82 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 25/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

1797º óbito – homem, 92 anos, residente em Salvador, sem informações acerca de comorbidades. Também sem informações sobre a data de internação, foi a óbito dia 26/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

1798º óbito – mulher, 59 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes mellitus, doença respiratória infecciosa e doença renal crônica. Internada dia 22/06, foi a óbito dia 26/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1799º óbito – homem, 58 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Internado dia 11/06, foi a óbito dia 20/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1800º óbito – homem, 39 anos, residente em Itagibá, portador de hipertensão arterial e doenças genéticas. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 26/06, em unidade da rede pública, em Ipiaú.

Fonte: Correio