Um motorista de ônibus ficou soterrado após realizar um serviço para construir uma garagem em Cajazeiras XI, por volta das 11h30 desta terça-feira (30). Anderson Santos  Lopes, 44 anos, estava em seu dia de folga quando resolveu dar continuidade à obra.

Segundo vizinhos, Anderson estava em um terreno ao lado da casa onde mora, preparando o espaço para uma obra que seria concluída por um pedreiro. Enquanto escavava o local, um pedaço de terra cedeu e caindo por cima dele, que ficou consciente a todo instante.

Foto: Nara Gentil/CORREIO

Equipes do Corpo de Bombeiros foram até o local para ajudar na remoção de Anderson, que se queixou de dor em uma das pernas, que estava presa por um pedaço de madeira. O resgate, que contou com ajuda de moradores, foi concluído por volta das 13h30. Anderson foi levado para o Hospital Geral do Estado, onde recebeu atendimento médico. Não há informações sobre o estado de saúde dele.

De acordo com Paulo César Passos, plantonista da Defesa Civil de Salvador (Codesal), o terreno era bastante instável, o que pode justificar o deslizamento. “É um lugar bastante acidente, como costumamos dizer. Um terreno formado por expurgo, lixo, ou seja, que é bastante solto, digamos assim. Não é uma área firme, estruturada, então o risco de acidente é sempre maior. Além disso, estava bastante encharcado”, disse ao CORREIO.

Ainda de acordo com a Codesal, o caso será encaminhado até no máximo esta quarta (1) para a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo, que vai apurar o que ocorreu.

Fonte: Correio