Detran realiza blitz em túnel de Salvador e condutores se aglomeram: ‘Todos juntos!’

Integrante de um dos principais grupos de risco da covid-19, um músico de Salvador foi obrigado a se expor à doença, no final da tarde desta quinta-feira (9), durante uma fiscalização do Detran-BA na qual é verificada se o licenciamento integrado de veículos – taxa administrativa, IPVA, DPVAT e multas – está em dia. 

Segundo o músico, que preferiu não se identificar, a ‘Blitz do IPVA’, como é conhecida, estava montada dentro de um túnel na Avenida Luís Eduardo Magalhães – portanto, com a ventilação reduzida –, por volta das 17h, e acabou colocando em risco todas as pessoas paradas. O bloqueio contou com o apoio da Polícia Militar.

“Os motoristas parados ficavam todos aglomerados, num ambiente fechado e sujo, superexpostos não apenas ao vírus, mas a todo o monóxido de carbono emitido pelos carros que passavam no local. Ou seja, eu com uma crise de asma há uma semana junto com outras pessoas que eu não sei se estão infectadas ou não. Todos juntos!”, afirmou ele, em entrevista ao CORREIO.

Para o músico, a realização da blitz é inconsequente e está em desacordo com o que o Governo do Estado, responsável pelo Detran, vem pregando. 

“Enquanto o governo diz não medir esforços para combater o coronavírus, o Detran e a PM, aparentemente, têm feito um esforço conjunto para estragar tudo. No meio de uma pandemia brutal, fazem uma blitz conjunta dentro de um túnel”, continuou o condutor, que também relatou dificuldades de realizar os procedimentos para ter o veículo liberado.

“Primeiro porque o IPVA só pode ser pago pelo aplicativo do Banco do Brasil. Se não tem, seu carro é apreendido e se vire para voltar pra casa. Segundo que deixei de pagar o IPVA no período certo não porque quis, mas porque não sou correntista do BB e não iria até uma agência, no meio de uma pandemia”, explicou o condutor, que foi salvo graças ao auxílio da cunhada.

“Entendo a blitz, mas no meio de uma pandemia, num ambiente fechado, junto a diversas outras pessoas? Difícil”, lamentou o músico.

Outro lado
Procurada, a assessoria do Detran informou que vem realizando operações, a exemplo da Operação Lei Seca, mas apenas de forma parcial.

Ainda segundo a assessoria, “as operações de fiscalização são realizadas em parceria com a PM e seguem as regras de segurança sanitária, definidas pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab)” e “segue as regras de segurança sanitária”.

Fonte: Correio