Descoberto novo gene eficaz contra coronavírus que pode acelerar vacina

Uma nova descoberta científica pode acelerar a produção da vacina contra a covid-19. Um estudo publicado na revista Science mostra que cientistas descobriram uma característica em comum nos anticorpos humanos que neutralizam o coronavírus.

Já existem diversas candidatas a vacina entrando em testes clínicos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) já disse que espera que a imunização seja liberada para a população ainda em 2020.

Este estudo em particular investigou cerca de 300 anticorpos contra o o vírus Sars-CoV-2 e encontrou um gene que, na maioria dos casos, mostrou-se eficaz na luta contra o vírus.

O estudo, da Scripps Research Institute, dos Estados Unidos, mostrou que o Sars-CoV-2 usa um domínio receptor-obrigatório (RBD, na sigla em inglês) nas suas proteínas spike (que cria estrutura similar a uma coroa de espinhos, característica marcante do coronavírus) para se acoplar à célula receptora e infectar os humanos.

A observação destes 294 anticorpos neste estudo encontrou um gene da família IGHV, conhecido como IGHV3-53, que se mostrou o mais frequentemente usado pelo corpo para neutralizar este RBD e, assim, neutralizar a ação do coronavírus.

“Em geral, nossa análise estrutural demonstra que o IGHV3-53 tem uma estrutura promissora para que se mire no que liga as células ao RBD do Sars-CoV-2”, diz o estudo.

Os pesquisadores afirmam que a descoberta pode facilitar a criação de uma vacina, dando um forte poder de neutralização aos anticorpos.

“Como o IGHV3-53 é encontrado com frequência razoável em indivíduos saudáveis, essa resposta específica de anticorpo pode ser desencadeada comumente na vacinação”, complementa o estudo.

Fonte: Correio